Luis Manuel Rebelo Fernandes repudia encerramento dos esportes paralímpicos

14/05/2020 às 18h30 - CLUBE

Repudio o encerramento das atividades da divisão de esporte paraolímpico do Vasco e a demissão dos seus profissionais.

Como Secretário Executivo do Ministério do Esporte, tive a oportunidade de conviver de forma muito próxima com o esporte paraolímpico na preparação dos Jogos de 2016.

Em conjunto com o Comitê Paraolímpico Brasileiro, elaboramos um plano que levou o Brasil a conquistar o sexto lugar no ranking global de medalhas nesses jogos.

O esporte paraolímpico é motivo de orgulho para todo vascaíno, que sempre vibrou com cada conquista dos nossos atletas. Ajudei a viabilizar linhas de apoio ao setor no clube, que possibilitaram, inclusive , a restauração do Parque Aquático em 2017.

A verdade é que as dificuldades enfrentadas pelo setor antecedem à pandemia. O clube tinha obrigação de gerar soluções para garantir a continuidade do esporte paraolímpico. Uma vez mais e de maneira covarde, optou a direção por deixar a corda arrebentar do lado mais fraco.

Fonte: Twitter de Luis Manuel Rebelo Fernandes