Luxemburgo lamenta falta de capricho no último passe

03/11/2019 às 11h10 - FUTEBOL

Jogando no Maracanã, na noite do último sábado (02/11), o Vasco da Gama empatou sem gols com o Fluminense e se manteve na 11ª colocação do Campeonato Brasileiro. O resultado não foi o planejado pelo Gigante da Colina antes da bola rolar, porém o ponto somado na 30ª rodada, numa partida com mando do adversário, foi festejado pelo treinador Vanderlei Luxemburgo em sua análise do clássico.

- O jogo foi marcado por muitos erros, dos dois lados. O Fluminense teve mais volume, mas não foi contundente nas finalizações. O Fernando Miguel e os nossos zagueiros foram muito bem nas bolas paradas, onde eles são muito fortes. As nossas tomadas de decisões na transição ofensiva não foram boas. Tivemos alguns equívocos no passe final. Se o nosso último passe tivesse sido melhor, teríamos conseguido matar o jogo. O resultado não era o que nós queríamos, mas o importante é que o adversário ficou parado e a distância se manteve - afirmou o comandante.

Foto: Rafael Ribeiro/Vasco.com.brLuxemburgo no Maracanã

Ao ser questionado sobre as substituições promovidas durante o intervalo da partida, Vanderlei Luxemburgo revelou que a intenção com as mesmas foi a de aumentar o entrosamento da equipe, tendo em vista que Marcos Jr e Raul vinham sendo titulares e formando a trinca de meio ao lado de Richard. O experiente técnico também comentou sobre o desempenho do colombiano Fredy Guarin.

- Eu criei uma estratégia para deixar o Guarin mais solto no começo do jogo, na frente do Richard e do Bruno, mas o Bruno tomou cartão e eu voltei a fazer um triângulo no meio. O Guarin é um jogador que joga pelo lado direito com o corredor. Eu fiz as substituições no intervalo para voltarmos a ter um meio mais entrosado, com o Raul e o Marcos Jr. O Guarin está vindo para o Brasil, vem de muito tempo parado, e talvez não deveria ter iniciado o jogo, precisava dar uma respirada. É um grande jogador, mas ainda não está em sua plenitude de jogo - declarou o treinador vascaíno, projetando o próximo desafio pelo Brasileirão, diante do Palmeiras, em São Januário.

- É um confronto onde a gente precisa ganhar e eles também, até para conseguirem se manter na briga pelo título e na caça ao Flamengo. Vamos ver o que vai acontecer na quarta-feira. Vamos buscar o resultado. Será um jogo tecnicamente muito complicado, pois o Palmeiras possui um time muito bom. Não tive notícia do Henrique ainda, mas se ele não puder jogar, o Danilo vai atuar. Nos lugares do Richard e do Bruno, ainda vamos ver. Temos o Raul, o Marcos Jr e o Fellipe Bastos. São algumas situações que podemos fazer - finalizou Luxemburgo.

Fonte: Site oficial do Vasco