Clube

Mães denunciam golpe de falso olheiro do Vasco; suspeito foi preso

Mães de alunos de escolinhas de futebol denunciam falso olheiro por aplicar golpes em Duque de Caxias, na Baixada Fluminense. Raphael de Almeida Eloy, preso em flagrante na última sexta-feira, cobrava valores dos responsáveis com a promessa de que os jovens jogariam pela base do Vasco da Gama em um torneio realizado em Santa Catarina, no mês de julho. Para isso, era preciso desembolsar um valor que, segundo o que diziam os acusados, daria um retorno com lucro no futuro.

Marina de Beth disse ter sido procurada por um funcionário chamado Doca, do centro de treinamento que seu filho, de 10 anos, é matriculado, no bairro de Santa Cruz da Serra, em meados de maio, para avisá-la que um olheiro entraria em contato. A mãe relembra que muitas promessas foram feitas pelo suspeito.

— Um olheiro se apresentou, um golpista, na verdade, por meio do Doca, se não fosse ele, sei que é uma pessoa seria, eu não teria tido contato com o golpista. Ele me ligou, disse que estava interessado, mandou várias informações pelo WhatsApp, que teria uma viagem para Santa Catarina, que a criança iria com acompanhante e precisava dos meus dados. Ele atuava junto de uma mulher chamada Adriana, que eu acredito que nunca existiu. Sempre que eu tentava falar com ela, não conseguia, não podia atender ligação, só digitar. Disse que não precisava pagar nada, só o bolsa atleta no valor de R$ 370. E, caso quisesse, o valor de R$ 380 para exposição de mídia, mas que eles me devolveriam tudo no outro mês em oito parcelas de R$ 1.150 — explicou ao GLOBO.

Na proposta enviada pelo golpista, ele descreve que o bolsa atleta seria "um seguro para o atleta caso aconteçam quaisquer tipos de lesões. E ajuda nas despesas pessoais do atleta (transporte, alimentação e etc..)". Para confirmar a vaga na viagem, que ocorreria do dia 6 a 15 de julho, era preciso pagar o valor com antecedência.

Marina ainda salienta que o filho passou por exames médicos para se apresentar ao clube, e que foi neste momento que notou que algo estaria errado no acordo. O jovem, que joga na posição de goleiro, realizou consulta com cardiologista, ecocardiograma e exame de vista.

— Marcaram exame de vista em Botafogo, e foi aí que fiquei desconfiada. Quando cheguei lá o tal olheiro não conseguiu pagar e me pediu para fazer um Pix do valor, avisei que não dava, inventei uma desculpa sobre o aplicativo do banco e ele acabou pagando. Neste momento começou a contar muitas histórias, que meu filho era uma salvação para ele, que o contrato estava certo, mas nada de assinar — detalhou.

Depois deste ocorrido que a notícia esperada por Marina chegou: não há mais vaga no Vasco da Gama para seu filho. Assim, o falso olheiro levou o menino para treinar na Portuguesa, prometendo que no clube ele já haveria espaço garantido.

— Quando fomos para a Portuguesa que a casa caiu para ele. Cheguei lá e descobri que qualquer pessoa pode treinar lá por R$ 30 a diária. Logo depois disso um grupo foi criado no WhatsApp com outros 38 pais que foram vítimas dele — contou Marina, que não teve o valor investido recuperado.

Confira na íntegra a proposta enviada pelo golpista:

"Olá, tudo bem?

Surgiu uma oportunidade de Viagem para Santa Catarina no dia 6 de julho até dia 15 de julho.

O atleta que for viajar, precisa pagar uma Bolsa Atleta que é um INVESTIMENTO no valor de R$535,00 com RETORNO de 8 parcelas de R$ 1.150,00 de ajuda de custo. Tem também uma Taxa (Não obrigatória) de Direito de Imagem no Valor de R$420,00 com o retorno de 2 parcelas de R$900,00 com a Primeira parcela de direito de imagem até o dia 12/06/24 podendo sofrer alterações. E a Primeira parcela do Bolsa Atleta até o dia 23/06/24 podendo sofrer alterações. A Viagem é Pelo Clube de Regatas Vasco da Gama com direito a UM acompanhante, ex: Pai, Mãe, Tios ou Primos maiores de 18 anos para o acompanhamento do Atleta.

O quê está incluso na Viagem do ATLETA + ACOMPANHANTE

Passagem Aérea Ida e volta

Hospedagem (Café da Manhã, almoço e jantar)

Tudo custeado Pelo Vasco Da Gama.

O Clube também irá Custear TODOS os exames do Atleta

Exame de vista

Exame odontológico

Eletrocardiograma

Ecocardiograma

⁠Nutricionista

Psicólogo

O quê é a Bolsa Atleta

Um seguro para o Atleta caso aconteça quaisquer tipos de lesões.

⁠E ajuda nas despesas pessoais do Atleta (Transporte, alimentação e etc..)

Para que seja feita a CONFIRMAÇÃO do Atleta na Viagem, o Pagamento da Bolsa Atleta precisa ser feita de imediato. Para agilizar os trâmites legais juntos aos órgãos responsáveis.

Qualquer dúvida, chamar no Privado, para maiores esclarecimentos".

Assim como Marina, Tamires Tavares também foi vítima do golpe, desta vez, em junho. Ela relata que o processo foi administrado pelo mesmo funcionário da escolinha, apelidado de Doca, e que este estaria envolvido no golpe ou teria sido enganado também, já que teria "sumido".

— O Doca cuidava de tudo com a gente, ele era um treinador da escolinha, conhecíamos ele, mas não o Raphael. As coisas ficaram estranhas quando o Doca veio me passar o contato da tal Adriana, que nunca existiu. O número dela era o mesmo do Raphael, estava tudo muito estranho. A gente ficava tratando tudo com o Doca e quando as coisas deram errado, ele sumiu também, começou a falar que também tinha caído no golpe, que também investiu nos meninos com o Raphael e ficou no prejuízo — disse.

Tamires ainda relata que o pior para ela foi ver a decepção de seu filho, de 6 anos, que é torcedor do Vasco da Gama e estava animado para jogar pelo clube.

— Meu filho estava muito ansioso, ele é vascaíno, a gente também. Queria logo comprar chuteira para poder estrear no clube, fez plano, sabe? Depois que contamos ele ficou bem para baixo, até febre teve. Agora está lidando bem e nem fala mais nisso — falou.

Tanto Marina quanto Tamires não fizeram o boletim de ocorrência do caso. Elas alegam que estão sendo ajudadas pelo advogado criminalista do Vasco da Gama, Marcel Macedo, e foram instruídas a procurar a 17ª DP (São Cristóvão). O advogado e o clube não se posicionaram.

Em nota, a Polícia Civil afirmou que "o suspeito foi preso em flagrante pela 37ª DP (Ilha do Governador). A investigação está em andamento e sob sigilo".

Fonte: Agência O Globo
  • Quarta-feira, 17/07/2024 às 19h00
    Vasco Vasco 1
    Atlético Goianiense Atlético Goianiense 0
    Campeonato Brasileiro - Série A Estádio Antônio Accioly
  • Domingo, 21/07/2024 às 16h00
    Vasco Vasco
    Atlético Mineiro Atlético Mineiro
    Campeonato Brasileiro - Série A Arena MRV
  • A definir
    Vasco Vasco
    Grêmio Grêmio
    Campeonato Brasileiro - Série A A definir
  • A definir
    Vasco Vasco
    Cuiabá Cuiabá
    Campeonato Brasileiro - Série A A definir
  • A definir
    Vasco Vasco
    Red Bull Bragantino Red Bull Bragantino
    Campeonato Brasileiro - Série A A definir
  • A definir
    Vasco Vasco
    Fluminense Fluminense
    Campeonato Brasileiro - Série A A definir
  • A definir
    Vasco Vasco
    Criciúma Criciúma
    Campeonato Brasileiro - Série A A definir