Mais Vasco apresenta propostas de Valorização da História do clube

14/10/2020 às 13h10 - POLÍTICA

Conheça as propostas do GT de Valorização da História da Mais Vasco.

Se tem uma coisa da qual a Torcida Vascaína se orgulha é da História do nosso Clube, que sempre esteve em contrapartida das normas segregacionistas em nome da justiça social. Um exemplo disso é o cântico “Camisas Negras”, que emociona e encoraja.

De fato, alguém que não conta sua própria história está fadado a tê-la contada por outras pessoas. O esporte enquanto atividade, lazer ou espetáculo está inserido em diversas camadas de contexto histórico: social, político, econômico e cultural. Há quem diga que futebol “não se mistura”, mas deixar de fazer estas associações prejudica o entendimento da conduta e posicionamentos do Clube ao longo do tempo. Ora, se nos orgulhamos de termos sido pioneiros no combate ao racismo no início do século XX, seria incoerente com nossa memória não nos pronunciarmos sobre este problema que assola a sociedade brasileira até hoje, não é mesmo?

Pensando nisso, a Mais Vasco elaborou uma série de iniciativas que cultuam a memória do Clube e de nossa Torcida, para deixar Vascaínas e Vascaínos ainda mais orgulhosos de terem escolhido torcer para o Gigante. O novo projeto de São Januário contempla o nosso tão sonhado museu e faremos a curadoria com muita honra, de forma a eternizar nosso legado.

É importante, porém, considerar que grande parte da massa vascaína não reside no Rio de Janeiro e, pensando nisso, construiremos um museu virtual, com acervo tão rico quanto o físico. Afinal, conteúdo para disseminar não nos falta! E já que é assim, nosso setor de História e Responsabilidade Social produzirá uma série de documentários junto a um grupo de pesquisadores, formado por historiadores e especialistas.

Do mesmo modo que reverenciamos a memória do clube, não podemos esquecer daqueles que toda semana disputam nossa honra no placar do jogo. Por isso, a Mais Vasco deseja ilustrar a gratidão a todos os personagens que fizeram história com o time, criando um jardim de ídolos onde hoje se encontra a estátua de Romário, lenda-viva do esporte. Já pensou um panteão de ídolos em São Januário? O coração chega a disparar!

Já deu para perceber que o GT de Valorização da História vai ter muito trabalho pela frente. Porém, não vamos medir esforços para contar a nossa brilhante trajetória nestes 122 anos de Vasco. Difundir a memória do clube é contribuir para o desenvolvimento do esporte e da sociedade brasileira.

Para conhecer todas as propostas do GT, clique aqui e faça o download do material completo.

#QuantoMaisVascoMelhor

Fonte: Site "Mais Vasco"