Marcos Valadares projeta estreia no Brasileiro diante do Athletico

26/04/2019 às 17h35 - FUTEBOL

Com as atenções voltadas para o jogo de estreia no Campeonato Brasileiro, o Vasco da Gama trabalhou de forma intensa na tarde desta sexta-feira (26/04) no CT do Almirante, em Vargem Pequena. Na oportunidade, Marcos Valadares comandou um trabalho tático com os atletas que não atuaram e/ou jogaram menos de 45 minutos contra o Santos, na última quarta (24), em São Januário.
 

Antes da movimentação, em entrevista coletiva, o treinador interino projetou o início da caminhada do Gignate da Colina na principal competição nacional. Na avaliação do profissional, o Cruzmaltino terá um adversário de grande nível pela frente e terá que repetir o bom desempenho do duelo contra o Peixe para retornar da Arena Baixada com um resultado expressivo.

- Temos acompanhado o Athletico Paranaense. Eles realmente possuem uma equipe muito qualificada. O Tiago Nunes tem feito um excelente trabalho e a prova disso são os resultados que eles obtiveram nos últimos meses. Iremos para partida muito motivados pelo que conseguimos praticar no meio da semana contra o Santos. Enfrentamos um adversário muito forte, conquistamos a vitória e demonstramos ter um time de muita qualidade também. Será um desafio difícil, um jogo duro, mas temos condições de retornar de Curitiba com um bom resultado - declarou o comandante.

Ao ser questionado sobre a formação que pretende colocar em campo no próximo domingo (28), às 16 horas, Marcos Valadares preferiu fazer mistério. O técnico interino, entretanto, revelou que a escalação inicial será definida em conjunto com o departamento médico, respeitando o nível de desgaste de cada um dos jogadores. O único confirmado entre os titulares foi o jovem goleiro Alexander, de 19 anos.

- Estudamos bem o Athletico Paranaense e vamos definir nossa formação apenas no sábado, após analisarmos todas as situações de DM, em especial a recuperação dos atletas. A partida contra o Santos foi muito forte, intensa, nossa equipe se dedicou muito e o desgaste foi muito grande. Por isso, temos que avaliar caso a caso antes de definir a melhor equipe para a estreia no Brasileiro. Sobre o Alexander, a possibilidade dele jogar é grande. Trabalhei com ele na base e posso dizer que é um garoto de personalidade, focado e de muita atitude. Acreditamos muito nele - finalizou o treinador interino.

Fonte: Site oficial do Vasco