Martín Benítez explica escolha de jogar pelo Vasco

27/02/2020 às 15h29 - FUTEBOL

Segundo reforço acertado para a temporada de 2020, o meia-atacante argentino Martín Benítez chegou ao Rio de Janeiro no início da tarde desta quinta-feira para assinar contrato com o Vasco. Exaltou a história e a torcida vascaína e revelou que, por estar em boa forma física, tem condições de estar à disposição de Abel Braga para o confronto com o ABC, quinta-feira, no Maracanã, pela Copa do Brasil.

- Expectativa é muito linda. Sei que venho para um grande clube, com muita história. Vou tratar de dar o meu melhor, espero ter um grande ano com todos juntos. É a primeira vez que saio do Independiente. É uma nova expectativa, espera que tudo saia da melhor maneira e que eu possa dar o meu melhor para o Vasco - disse o atleta de 25 anos.

Benítez foi contratado por empréstimo válido até o final de 2020. Em dezembro, o clube terá opção de contratá-lo em definitivo, adquirindo 60% dos direitos econômicos, por US$ 4 milhões (R$ 17 milhões). Ele passará por exames médicos e, então, assinará o contrato. Por se considerar estar em boa forma (atuou no dia 13 diante do Fortaleza pela Sul-Americana), disse que pode jogar nos próximos dias, desde que seja regularizado, claro:

- Primeiro, vou fazer a revisão médica. Espero que tudo saia bem. Estou à disposição, com muita vontade. Sábado (Resende pela Taça Rio) vai ser difícil, mas para quinta, dando tudo certo, posso ficar à disposição.

Com passagem pelas seleções de base da Argentina, Martín jogou apenas no Independiente, antes do acerto com o Vasco. Ele foi titular na campanha do título da Copa Sul-Americana, em 2017, e levantou a taça no Maracanã, na decisão contra o Flamengo. No entanto, em 2020 perdeu espaço e entrou em campo em apenas dois jogos. Benítez lembrou a decisão contra o arquirrival dos vascaínos e falou de suas características.

- Foi um grande 2017, o Independiente pode se consagrar campeão no Maracanã. Um ano muito lindo para todos e para mim igualmente. Em 2018 também, fomos muito bem na Libertadores e caímos nas quartas de final contra o River Plate. Essa será a versão de Martín Benítez. Tratar de dar muito jogo aos companheiros e ao equipe. Tratar de fazer dar assistências. Se fizer gols, muito melhor.

Pelo Independiente, Benítez disputou 203 jogos e marcou 31 gols. Benítez é o segundo reforço do Vasco para 2020. Antes dele, o clube trouxe apenas o também argentino Germán Cano.

O desembarque no Aeroporto do Galeão foi tranquilo, sem a presença de torcedores - um bom número recepcionou Cano no mês passado. Uma vascaína, que voltava de Buenos Aires, o reconheceu na sala de desembarque e desejou boa sorte.

Confira outros tópicos:

Por que escolheu o Vasco?
Pela história que tem, pelos torcedores. Porque sei que é um clube muito grande. Na verdade estou muito contente de chegar ao Vasco. Sei também que posso dar muito ao Vasco. Tomara que eu consiga entregar-me a 100% e estar no meu melhor nível para ajudar a equipe e para que o Vasco possa conquistar coisas e chegar ao lugar que tem de estar.

O Rio de Janeiro lhe encanta?
Muito lindo. Vim em 2016 e 2017 de férias. É um lugar muito lindo, espero desfrutar com a família, mas sempre com responsabilidade sabendo que eu vim para jogar futebol e me entregar 100% ao Vasco.

Ainda não falou com Germán Cano e com poucas informações sobre o futebol brasileiro
Na Argentina, não passa muito o futebol brasileiro, mas sei que chego a uma grande instituição onde a torcida apoia muito e que é muito grande. Com Germán não pude falar, sei o grande jogador que é e sei a equipe que tem o Vasco. Por isso também a decisão de vir para cá.

Fonte: GloboEsporte.com