Maxi López salva o Vasco de eliminação na Copa do Brasil

07/02/2019 às 07h27 - FUTEBOL

Após cinco vitórias e apenas dois gols sofridos e nove marcados em cinco jogos no Carioca, o Vasco esteve muito perto de um vexame na estreia da Copa do Brasil. Na noite desta quarta-feira, na Bahia, o time escapou da eliminação para a Juazeirense, graças a um pênalti aos 45 minutos do segundo tempo, que Maxi López bateu com categoria para garantir o 2 a 2.

Passado o enorme susto, na próxima fase, o time de Alberto Valentim encara Serra-ES ou Remo, que se enfrentam dia 13.

Pela primeira vez em 2019, o técnico escalou Bruno César e Maxi como titulares. Mas foram dos donos da casa as melhores chances no início. Com seis minutos, Fernando Miguel já havia feito duas boas intervenções.

Porém, não demorou para o Vasco frear o ímpeto rival. Marrony, aos 9, obrigou Douglas Pires a fazer a primeira defesa. E, três minutos depois, Yan Sasse recebeu de Maxi na área para abrir o placar.

Por outro lado, a Juazeirense não se entregava . Fernando Miguel já havia feito uma bela defesa na etapa final, quando Gustavo Balotelli, aos cinco, empatou.

Aos 16 minutos, o jogo foi interrompido devido à queda de energia no Estádio Adauto Moraes. Foram 27 minutos de espera até o reinício.

Logo depois, Valentim trocou Bruno César por Thiago Galhardo, e Yan Sasse foi substituído por Pikachu. Mas as alterações não surtiram efeito.

E, aos 31, Castan fez pênalti em Balotelli. Nino Guerreiro deslocou Fernando Miguel e marcou o gol da virada.

O Vasco parecia sem forças para buscar o empate, até que o árbitro marcou pênalti de Maicon em Marrony. Maxi bateu e livrou o time de um vexame ainda maior no torneio.

Agora, as atenções retornam à Taça Guanabara, já que, domingo, o elenco enfrenta o Resende, no Maracanã, pela semifinal, às 17h.

Foto: Rafael Ribeiro/Vasco.com.brMaxi López recebe o carinho dos vascaínos no Nordeste
Maxi López recebe o carinho dos vascaínos no Nordeste

Fonte: Agência O Globo