Meia pede vergonha na cara para o Vasco

03/02/2006 às 13h03 - FUTEBOL

Fora da semifinal da Taça Guanabara pela segunda vez consecutiva, o Vasco ainda busca explicações para o fracasso. Irritado, o meia Morais acha que a equipe precisa ter vergonha na cara.

\"A gente tem que saber que vacilou. Podia estar nas semifinais. Mas tem que levantar a cabeça e tomar vergonha na cara para o segundo turno. Temos que trabalhar forte\", disse.

Assim como o técnico Renato Gaúcho, que reclamou da falta de pegada do time, o meia Morais culpou o relaxamento pela desclassificação. Para ele, depois das duas vitórias nas primeiras rodadas, o grupo não mostrou o mesmo empenho.

\"Ganhamos dois jogos, mas depois relaxamos e deixamos tudo para o final. No desespero não dá\", reclamou Morais, que também atacou a campanha do time no Estadual.

\"Foi irregularidade. No meu modo de pensar, a gente vacilou muito. Contra o Friburguense fizemos um primeiro tempo meia boca, mas depois chegamos mais ao ataque e criamos chances\", completou.

Um dos principais jogadores da equipe, ao lado de Romário, o camisa 10 do Gigante da Colina não teme as cobranças que acontecerão. O meia também espera que a equipe possa superar a ausência de Alex Dias, como fez na reta final do Brasileirão.

\"Pressão sempre vai existir. Ainda mais agora com a saída do Alex Dias, como foi no ano passado, quando ele se machucou. Falavam que a gente ia ser rebaixado, ainda mais sem ele. Mas conseguimos a classificação para a Sul-americana\", declarou Morais.

Fonte: Pelé.Net