Memória: Em 1997, Vasco goleou rival com show de Edmundo

15/07/2006 às 06h02 - FUTEBOL

O Flamengo estava perto da final do Campeonato Brasileiro de 97, mas no meio do caminho havia o Vasco do craque Edmundo. E o \"animal\" provou que estava com fome de bola. O resultado foi um 4 a 1 memorável em uma noite iluminada para os vascaínos.

Uma curiosidade deste jogo é que duas estrelas do atual time cruzmaltino estavam em campo em lados opostos: Ramon e Renato Gaúcho. O apoiador jogava no Vasco com a mesma camisa 7 que entrará em campo amanhã. Já o técnico ainda vestia a camisa rubro-negra.

No início, o Flamengo saiu para o jogo e deixou espaços para os contra-ataques de Edmundo, que estava no auge da forma. E ele não perdoou. Fez três gols, superou o recorde de Reinaldo ( Atlético Mineiro, em números de gols no Brasileirão) e colocou o Vasco na final do campeonato que mais tarde ganharia em cima do Palmeiras.

Após a partida, o herói do clássico repetia a todo mundo que o importante agora era conquistar o título brasileiro. O tom do discurso deixou os torcedores ainda mais apaixonados pelo seu ídolo.

Na saída do jogo, a torcida vascaína comemorava em êxtase o resultado e a chance de conquistar um título nacional desde 1989. Ainda por cima com uma vitória contra o Flamengo. Por toda a cidade o grito foi ouvido: Casaca, casaca, saca, saca, a turma é boa, é mesmo da fuzarca. Vasco!

Vasco: Carlos Germano, Felipe Alvim (Maricá), Alex, Mauro Galvão e César Prates; Nasa, Nélson, Juninho e Ramon (Pedrinho); Edmundo e Evair.
Técnico: Antônio Lopes

Flamengo: Clemer, Leandro Silva, Júnior Baiano, Juan e Gilberto; Jamir, Bruno Quadros (Renato Gaúcho), Iranildo (Lê) e Athirson; Lúcio e Sávio.
Técnico: Paulo Autuori.

Fonte: Jornal dos Sports