Mesmo com baixo rendimento, Rafael Galhardo volta à lateral do Vasco

20/10/2018 às 08h21 - FUTEBOL

(Opinião) Por: Gilmar Ferreira

Não deve ser coincidência. Ainda assim, Alberto Valentim pagará para ver.

O lateral-direito Rafael Galhardo tem 21 partidas com a camisa do Vasco.

Com ele, o time deixou de vencer mais da metade dos jogos disputados.

Venceu nove deles, empatou cinco e perdeu sete.

Sendo que destas nove vitórias, cinco foram pelo fraco Estadual.

Uma foi pela Libertadores, uma Copa do Brasil e duas pelo Brasileiro...

Duas pelo Brasileiro?

Sim – duas pelo Brasileiro.

Das oito vitórias do Vasco na competição, o jogador participou de duas.

Uma sobre o Atlético-MG (2 a 1), na primeira rodada.

E a outra sobre o América-MG (4 a 1), na quarta rodada.

Ainda assim, com detalhes relevantes a serem considerados.

Contra o Galo, deixou o campo aos 57m, quando o Vasco perdia por 1 a 0,

A virada veio com gols aos 87m e 90m.

E contra o Coelho, saiu aos 66m, com 2 a 1 no placar e pressão adversária.

A goleada veio com gols aos 79m e 91m.

Os números que comprovam que Rafael Galhardo não é uma boa opção.

Mas ainda ele será o lateral-direito no confronto deste sábado em Recife.

O Vasco está há seis jogos sem perder, mas ainda não venceu fora de casa.

Valentim, em vez de repetir o 3-5-2 que bateu o Cruzeiro, volta ao 4-3-1-2.

Abre mão de mais um zagueiro, que traria Pikachu para a função de ala.

E volta com Rafael Galhardo ao time, insistindo com Pikachu no ataque.

Os números mostram que o técnico não faz a melhor escolha.

Mas Valentim, presunçoso como ele só, deve saber o que está fazendo...

Tomara.

Foto: Site Oficial Rafael Galhardo
Rafael Galhardo

Fonte: Blog Gilmar Ferreira - Extra