Nova multa rescisória de Paulinho ultrapassa os R$ 120 milhões

13/01/2018 às 17h03 - MERCADO

​Se por um lado o Vasco perdeu três jogadores na última semana (Anderson Martins, Madson e Mateus Vital), por outro segurou uma das promessas. Em meio as especulações de uma possível saída de Paulinho, o vice-presidente Eurico Brandão revelou que o clube aumentou a multa rescisória do atacante, que agora ultrapassa R$ 120 milhões para clubes do Brasil e do exterior. Para isso, o jovem ganhou um aumento salarial. 

A permanência, de acordo com Euriquinho, tem participação direta de Paulinho. O dirigente contou que o jogador já teve oportunidades de deixar São Januário, mas optou por seguir no Rio de Janeiro. 

"As pessoas não entendem o que se passa no seio da família do atleta. O Paulinho tinha um contrato com uma multa de 20 milhões e poderia ter ido embora, pois possui inúmeras propostas. Ele ganharia muito dinheiro para ir embora, mas optou por honrar o compromisso que tinha conosco. Caso ele saia do clube, precisa dar uma grande compensação financeira. A mão e o pai demonstraram um comprometimento muito grande com o clube. O empresário também foi de extrema importância para avançarmos com as coisas, sempre cumpriu palavra conosco. Eu tive que enfrentar muita dificuldade, mas consegui assinar um aditivo de aumento de contrato que nos proporcionou aumentar a multa e dar uma segurança ao clube. A multa nacional era muito baixa, era R$ 20 milhões. A multa agora de dentro e de fora ultrapassa R$ 120 milhões.  Já transforma um operação de gatilho improvável (sair para um clube brasileiro e depois ir para a Europa). A família dele é muito humilde e resistir a todo esse assédio não é fácil", disse.

Fonte: Esporte Interativo

Enquete

Você é favorável ao retorno de Antônio Lopes no cargo de dirigente?

Deixe seu comentario