Imprensa

Opinião: "Andrey e Pec ajudam o saldo a ser positivo"

O Vasco se despediu das chances de classificação para a semifinal do Carioca com mais histórias boas do que ruins para contar. O empate em 2 a 2 com o Boavista ontem impede o time de alcançar a Portuguesa, quarta colocada na competição, a uma rodada do fim da Taça Guanabara, mas não significa terra arrasada. Dois jogadores em especial geram boas expectativas para o restante da temporada: Andrey e Gabriel Pec.

O primeiro teve mais uma boa atuação, depois de ter sido um dos destaques na vitória sobre o Flamengo. Cheio de moral com Marcelo Cabo, ele reforça ter todos os requisitos para se firmar como um volante de alto nível no Brasil: capacidade de desarme, bons passes longos e curtos, boa finalização. Ao mesmo tempo, parece aos poucos se livrar do defeito que é capaz de minar todas suas virtudes: a irregularidade.

Neste domingo, teve grande papel na transição ofensiva do time. No segundo tempo, quando Galarza saiu para o Vasco tentar a virada com Léo Jabá, Andrey se desdobrou para desarmar na defesa e seguir se aproximando da área para a finalização. Tanto que cansou no fim.

O resultado só não foi outro porque o Vasco não esteve inspirado na conclusão das jogadas. O Boavista, especialmente depois de abrir 2 a 0, recuou as linhas, mas mesmo assim o time de Marcelo Cabo foi capaz de criar jogadas. O problema foi a última bola. Cano, apesar do gol marcado, não estava exatamente inspirado em Saquarema.

Quem mais brilhou no setor ofensivo foi Gabriel Pec. O garoto deu um salto de qualidade, quando comparado ao desempenho que teve no começo da temporada passada, escalado precocemente pelo técnico Abel Braga. Não se trata apenas de um ganho de massa muscular, que ajuda o atacante a disputar melhor a bola com os marcadores. Pec está mais veloz e participativo nas construções ofensivas. Uma hora é criador, outra é finalizador, como foi no lance do gol de empate. Depois de boa trama coletiva, ele apareceu na área, com oportunismo, para escrever 2 a 2 no placar.

Acabou sendo pouco para o que o Vasco precisava para avançar no Carioca, mas pode ser o suficiente na disputa da Série B, prioridade na temporada. A equipe de Marcelo Cabo desponta com alguns pilares importantes — soma-se aos dois o veterano Léo Matos, peça fundamental para descentralizar o time das jogadas pela esquerda, e, obviamente, Germán Cano, com sua pontaria afiada.

Fonte: Globo Online
Loading...
  • Sábado, 08/05/2021 às 16h00
    Vasco Vasco 2
    Madureira Madureira 1
    Taça Rio São Januário
  • 28/05 (sex) ou 29/05 (sáb)
    Vasco Vasco
    Operário Operário
    Campeonato Brasileiro - Série B A definir
  • 01/06 (ter), 04/06 (sex) ou 05/06 (sáb)
    Vasco Vasco
    Ponte Preta Ponte Preta
    Campeonato Brasileiro - Série B A definir
  • 08/06 (ter), 11/06 (sex) ou 12/06 (sáb)
    Vasco Vasco
    Brasil de Pelotas Brasil de Pelotas
    Campeonato Brasileiro - Série B A definir
  • Terça-feira, 15/06/2021 às 21h00
    Vasco Vasco
    Avaí Avaí
    Campeonato Brasileiro - Série B A definir
  • 18/06 (sex) ou 19/06 (sáb)
    Vasco Vasco
    CRB CRB
    Campeonato Brasileiro - Série B A definir
  • Terça-feira, 22/06/2021 às 21h00
    Vasco Vasco
    Cruzeiro Cruzeiro
    Campeonato Brasileiro - Série B A definir