Futebol

Os motivos do baixo lucro do Vasco nos jogos em casa na Série B 2022

O Vasco arrecadou mais de R$ 13,5 milhões com os jogos em casa na Série B de 2022, mas apenas R$ 3,4 milhões foram parar nos cofres do clube. O valor corresponde a 25% do total adquirido.

As altas despesas para realização dos jogos ajudam a explicar o lucro baixo, já que mais de R$ 10 milhões foram destinados aos custos. O jogo de maior arrecadação, contra o Cruzeiro, no Maracanã, rendeu R$ 2,2 milhões. Porém, os gastos ficaram na casa do R$ 1,6 milhão. Fora essas despesas, há ainda outras pequenas retenções que constam nos boletins da CBF.

Bilheteria do Vasco na Série B de 2022:

  • Total de receitas: R$ 13.649.542,00
  • Total de despesas: R$ 10.200.042,06
  • Lucro final: R$ 3.408.566,79

A torcida do Vasco lotou praticamente todos os jogos em casa na competição. O pior público foi do jogo contra a Ponte Preta, pela quarta rodada, com 8.796 pagantes. Os demais confrontos em São Januário tiveram capacidade total ou perto disso. Ainda houve dois jogos no Maracanã, com mais de 55 mil pagantes cada. Então por que o lucro tão baixo?

Além das despesas, outro fator que explica o ganho tímido com bilheteria são os sócios-torcedores. Se o Vasco não lucrou tanto com a venda de ingressos, certamente teve vantagem com o programa. Isso porque os bilhetes esgotavam em poucas horas, quando as vendas estavam abertas apenas para sócios, que acabam pagando menos como parte do benefício. O público geral quase não teve vez.

Público do Vasco como mandante na Série B de 2022:

  • Total de presentes: 449.317 torcedores (23.648 por jogo)
  • Total de pagantes: 424.410 torcedores (22.337 por jogo)

O que chama mais atenção é o pouco lucro a partir da 19ª rodada da Série B. No jogo contra o Ituano, que teve público pagante de 19.158 torcedores, o Vasco embolsou somente R$ 14.929,75. Isso se repetiu contra o CRB, na 21ª rodada, com 18.783 pagantes e lucro de R$ R$ 19.997.

Houve ainda outras quatro partidas com ganho inferior a R$ 100 mil, mesmo com o estádio lotado. No segundo turno, apenas contra Criciúma e Sampaio Corrêa o lucro voltou a superar R$ 200 mil. O clube justifica esses números justamente pelo programa de sócio-torcedor, alegando que muitos associados têm o benefício de pagar pouco ou até nada para entrar.

Veja o lucro do Vasco em todos os 19 jogos como mandante na Série B de 2022:

  • Vila Nova: R$ 268.508,74
  • Ponte Preta: R$ 7.604,58
  • CSA: R$ 202.465,50
  • Bahia: R$ 281.665,83
  • Brusque: R$ 213.506,23
  • Grêmio: R$ 229.964,01
  • Cruzeiro: R$ 652.690,19
  • Operário: R$ 121.586,81
  • Sport: R$ 402.209,14
  • Ituano: R$ 14.929,75
  • CRB: R$ R$ 19.997
  • Chapecoense: R$ 69.410,31
  • Tombense: R$ 68.877,43
  • Guarani: R$ 53.659,99
  • Náutico: R$ 86.978,07
  • Londrina: R$ 101.520,55
  • Novorizontino: R$ 122.750,71
  • Criciúma: R$ 216.105,91
  • Sampaio Corrêa: R$ 283.861,91
Fonte: ge
  • Domingo, 06/11/2022 às 18h30
    Vasco Vasco 1
    Ituano Ituano 0
    Campeonato Brasileiro - Série B Estádio Municipal Doutor Novelli Junior
  • (14/01 - Sáb) ou (15/01 - Dom)
    Vasco Vasco
    Madureira Madureira
    Taça Guanabara São Januário
  • Terça-feira, 17/01/2023 às 21h00
    Vasco Vasco
    River Plate River Plate
    Amistoso Internacional Orlando City Stadium
  • (18/01 - Qua) ou (19/01 - Qui)
    Vasco Vasco
    Audax - RJ Audax - RJ
    Taça Guanabara A definir
  • Sábado, 21/01/2023 às 21h00
    Vasco Vasco
    Inter Miami Inter Miami
    Amistoso Internacional Lockhart Stadium
  • (21/01 - Sáb) ou (22/01 - Dom)
    Vasco Vasco
    Botafogo Botafogo
    Taça Guanabara A definir
  • (25/01 - Qua) ou (26/01 - Qui)
    Vasco Vasco
    Portuguesa Portuguesa
    Taça Guanabara Luso-Brasileiro