Clube

Os problemas do Vasco para corrigir na Data Fifa

A pausa no Brasileirão para a data Fifa vem em um momento importante para o Vasco. Em crise depois de ser goleado pelo Flamengo no último domingo, a equipe teve uma estreia de Álvaro Pacheco para ser esquecida. Agora, o time terá tempo para treinar até o compromisso contra o Palmeiras, na próxima quinta-feira, às 21h30, no Allianz Parque.

Além dos problemas fora de campo, o Vasco precisa solucionar as questões de dentro das quatro linhas. O ge separou uma lista do que o elenco deve corrigir até a partida contra o Palmeiras, na próxima quinta-feira, às 21h30.

Recuperar a confiança

A recuperação da confiança é fundamental após a goleada sofrida por 6 a 1 para o Flamengo. O resultado inesperado foi um baque para o elenco. No vestiário houve discussão entre os jogadores do Vasco em tom de cobrança uns com os outros.

Durante a semana, alguns torcedores protestaram na porta do CT Moacyr Barbosa e em São Januário. O muro do estádio foi pichado com xingamentos aos jogadores e aos dirigentes, e os atletas foram recebidos sob protestos de torcedores antes do treinamento desta quarta-feira.

Na entrevista coletiva após a goleada, Álvaro Pacheco disse que a derrota deixaria marcas nos jogadores. O ge apurou que o treinador português vai tentar trabalhar a parte motivacional para alavancar a confiança do elenco nos próximos dias.

— Este jogo abala e deixa marcas. Temos que ser capazes de perceber o que temos que fazer para que o próximo não marque. Temos que nos tornar mais fortes e mais capazes para que quando jogarmos um jogo com essa dimensão, com pormenores importantes, deixar de ser quem nós somos por uma incidência do jogo.

Entrosar o elenco com as ideias de Álvaro Pacheco

Devido à paralisação do Campeonato Brasileiro pelas enchentes no Rio Grande do Sul, Álvaro Pacheco teve mais de uma semana antes da estreia contra o Flamengo. Agora, o técnico terá mais um período cheio de treinamentos até o jogo contra o Palmeiras.

Um dia depois da partida, o elenco se reapresentou e fez um trabalho de recuperação física. Os jogadores tiveram folga na terça-feira e se reapresentaram na quarta-feira.

— Perdemos a capacidade de controle de jogo, aquilo que temos que fazer é criar hábito nos nossos jogadores. Criar rotinas, para que nossos jogadores possam manter em todos os 90 minutos —disse Álvaro após a goleada.

Encontrar soluções para a defesa

O Vasco tem a pior defesa do Brasileirão, com 17 gols sofridos em sete rodadas, uma média superior a dois gols sofridos por jogo. Na Copa do Brasil, nos últimos dois jogos em São Januário, contra Fortaleza e Água Santa, sofreu três gols de cada.

Contra o Palmeiras, o Vasco ainda terá mais um problema: João Victor será desfalque por suspensão. O zagueiro foi expulso no primeiro tempo da partida contra o Flamengo. Maicon e Léo falharam no clássico e vivem um mau momento. Medel perdeu espaço no elenco após problemas de indisciplina, e Rojas não tem sequência desde que chegou ao clube.

Recuperar jogadores lesionados

Outro problema dentro de campo é o de desfalques por lesão. Dias antes do clássico contra o Flamengo, Adson sentiu um problema na coxa e desfalcou o Vasco no fim de semana. O atacante terá tempo para se recuperar e estar à disposição do técnico Álvaro Pacheco, já que nenhuma lesão foi constatada.

Outro problema médico é no meio de campo, setor já desfalcado com as ausências de Paulinho e Jair. Praxedes sentiu dores durante o segundo tempo do clássico e ficou menos de 30 minutos em campo.

Blindar elenco da crise no controle da SAF

Em crise no futebol e em briga societária dentro da SAF, o Vasco caminha para novos capítulos da guerra judicial. Mais de duas semanas após a ruptura que tornou a diretoria de Pedrinho controladora da SAF vascaína, o diálogo do clube com a 777 Partners é apenas protocolar. As duas frentes se preparam para as próximas batalhas tanto no Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro quanto na arbitragem, que ficará a cargo da Fundação Getúlio Vargas.

Internamente, entende-se que é o momento de blindar o CT Moacyr Barbosa e o vestiário do clube dos problemas que vêm de fora. Desde a primeira ida de Pedrinho ao CT, o presidente do Vasco já foi outras vezes para falar com os jogadores e passar tranquilidade sobre o momento externo.

Fonte: ge
  • Quinta-feira, 13/06/2024 às 21h30
    Vasco Vasco 0
    Palmeiras Palmeiras 2
    Campeonato Brasileiro - Série A Arena Barueri
  • Domingo, 16/06/2024 às 18h30
    Vasco Vasco
    Cruzeiro Cruzeiro
    Campeonato Brasileiro - Série A São Januário
  • A definir
    Vasco Vasco
    São Paulo São Paulo
    Campeonato Brasileiro - Série A A definir