Especulações e Saídas clique aqui

Pikachu comenta reação do elenco ao saber de câncer de Vanderlei Luxemburgo

25/11/2019 às 20h14 - FUTEBOL

Na última sexta-feira, a notícia de que técnico Vanderlei Luxemburgo teve diagnosticado um câncer de pele pegou o elenco do Vasco de surpresa, segundo o lateral-direito Yago Pikachu. O jogador, porém, ressaltou que o treinador já conversou com o grupo e afirmou não ser "nada grave".

"Foi um susto. Está diariamente conosco. Depois que saiu nas redes sociais, tomamos um susto, mas, logo em seguida, ele veio conversar com a gente, tranquilizou, disse que não é nada grave", disse.

Segundo o camisa 22, Luxemburgo deve ficar fora de uma ou duas partidas do Campeonato Brasileiro - contra São Paulo e Cruzeiro - por conta do tratamento. Pikachu aproveitou para reforçar a torcida pela renovação de contrato do Vasco com Luxemburgo - o vínculo vai até o fim do ano.

"Ele vai se ausentar um pouco de um ou dois jogos para estar 100%. Tomara que ele fique. Não sabemos ainda não sabe se acertou a permanência par ao ano que vem, mas espero que fique e esteja bem recuperado para que 2020 seja um ano de felicidade para todos nós", apontou ele, que completou:

"Se dependesse de mim, ele já tinha assinado a renovação. Acredito que as coisas estão ocorrendo bem. Que ele possa permanecer para nos ajudar ainda mais. De onde a gente estava na chegada dele e hoje... Estamos nessa colocação muito graças ao trabalho dele. Resgatou a confiança de todo mundo. Que possamos contar com ele e conquistar nossos objetivos".

Na ausência de Luxa, o time será comandado por Maurício Copertino ou Ramon Menezes, auxiliares do treinador.

"Ainda não tivemos esse tipo de experiência [jogo sem Luxemburgo]. Vai ser a primeira vez, mas tem os auxiliares dele. Na maioria das vezes quem passa o trabalho de campo são eles dois. Que ele possa se recuperar 100% para estar na beira do campo e nos ajudar da melhor maneira possível", salientou.

Com a conquista da Libertadores pelo Flamengo, que bateu o River Plate (ARG) na final, o Campeonato Brasileiro "ganhou" mais uma vaga para a competição sul-americana, virando G8. Com seis pontos atrás do Corinthians, que está atualmente na oitava colocação, o lateral cruz-maltino admite que conseguir a classificação à Libertadores do ano que vem é um objetivo, mas mostra cautela.

"É o que a gente espera. Já estivemos mais próximos. Matematicamente, ainda temos chances. Claro que não depende só da gente, temos que torcer por tropeços, mas vamos fazer a nossa parte ver o que acontece".

Fonte: UOL Esporte