Futebol

Presidente da CBF descarta paralisação do Brasileirão

O presidente da CBF, Ednaldo Rodrigues, descartou paralisar o Brasileiros das Séries A e B por conta do escândalo de manipulação de jogos por apostas descoberto pelo MP de Goiás. Admitiu, no entanto, que há dano à imagem da competição. Como uma das medidas preventivas, a CBF articula um modelo de investigação de manipulação mundial com a Fifa.

"Não temos como suspender a competição. Não é (acusação ) de um dirigente, não é de um presidente de clube, não é de um árbitro. Isso está sendo de atletas. A CBF espera que tenha um rigor de quem está fazendo as apurações. A CBF não tem poder polícia e Justiça", afirmou ao blog Ednaldo, que lembrou também do dano que causaria ao sistema do futebol uma eventual paralisação do Brasileiro.

A denúncia do MP acusou 16 pessoas de envolvimento na manipulação de lances em 8 jogos da Série A de 2022. Uma parte dos envolvidos é de jogador. Há indícios do envolvimento de outros atletas nas apurações.

O dirigente admitiu que os casos de armação depreciam a imagem do Brasileiro. Entende que a CBF é vítima. "Quando tem isso (suspeita de manipulação), a gente encaminha para o STJD. Que os causadores sejam suspensos de acordo com as leis", disse ele.

A CBF já tem contrato com a empresa Sports Radar para monitoramento de apostas em sites. Os casos suspeitos são encaminhados ao STJD.

Mas a entidade já articula com a Fifa uma rede mais ampla para investigar mundialmente as manipulações em torno do futebol. Essas conversas entre Ednaldo e dirigentes da federação internacional sobre o assunto já ocorrem antes da denúncia feita pelo MP.

"Iniciativa da CBF com Fifa, queremos passar para a Fifa (o caso)", diz o dirigente. Os detalhes da projeto ainda são mantidos em sigilo. Mas foi uma ideia da confederação que foi encampada pela entidade mundial do futebol e trataria da questão das manipulações.

A intenção de Ednaldo é convocar os clubes do Brasileiro para discutir o assunto por meio de uma videoconferência. O objetivo é mostrar o que tem sido feito e discutir medidas para coibir as armações.

"Chamar todos. Quero mostra a documentação com a Fifa. As medidas que a CBF pode estar fazendo, a contribuição para inibir a situação. Já agora na próxima reunião envolvendo clubes na reunião nas Séries A, B, C. Eles estão em atividade então podemos fazer por Videocoferência. Mostrar o que é feito, e todas as providências que estão sendo feitas", disse Ednaldo.

Fonte: Coluna Rodrigo Mattos - UOL
  • Quarta-feira, 19/06/2024 às 20h00
    Vasco Vasco 0
    Juventude Juventude 2
    Campeonato Brasileiro - Série A Alfredo Jaconi
  • Sábado, 22/06/2024 às 21h30
    Vasco Vasco
    São Paulo São Paulo
    Campeonato Brasileiro - Série A São Januário
  • Quarta-feira, 26/06/2024 às 21h30
    Vasco Vasco
    Bahia Bahia
    Campeonato Brasileiro - Série A Fonte Nova
  • Sábado, 29/06/2024 às 19h00
    Vasco Vasco
    Botafogo Botafogo
    Campeonato Brasileiro - Série A São Januário
  • Quarta-feira, 03/07/2024 às 20h00
    Vasco Vasco
    Fortaleza Fortaleza
    Campeonato Brasileiro - Série A São Januário
  • Segunda-feira, 08/07/2024 às 21h00
    Vasco Vasco
    Internacional Internacional
    Campeonato Brasileiro - Série A A definir