Futebol

Procuradoria do TJD irá denunciar atletas do Nova Iguaçu por faltas em Rossi

Cayo Tenório e Gabriel Pinheiro, do Nova Iguaçu, serão denunciados pela Procuradoria do Tribunal de Justiça Desportiva do Rio de Janeiro (TJD-RJ) pelas entradas duras em Rossi, jogador do Vasco.

O ge apurou que os atletas serão denunciados pela gravidade dos lances. Em ambos os lances, o árbitro João Marcos Gonçalves Fernandes sequer marcou falta. No primeiro, Cayo Tenório acerta a canela de Rossi, aos 25 minutos do primeiro tempo. O lateral do Nova Iguaçu já estava amarelado. O atacante do Vasco, após o lance, mostrou o machucado na canela.

No segundo tempo, outro lance: Gabriel Pinheiro deu uma tesoura em Rossi, e o árbitro também não marcou falta no lance. O atacante do Vasco se lesionou e foi substituído em sequência.

O artigo 58 do Código Brasileiro de Justiça Desportiva prevê que, quando não há manifestação do árbitro na partida sobre lances graves, a Procuradoria pode denunciar o atleta pela imagem.

Art 58 - A súmula e o relatório dos árbitros, auxiliares e representantes da entidade ou aquele que lhes faça as vezes, gozarão da presunção relativa de veracidade.

§ 1º A presunção de veracidade contida no caput deste artigo servirá de base para a formulação da denúncia pela procuradoria ou como meio de prova, não constituindo verdade absoluta.

§ 2º. Quando houver indício de infração praticada pelas pessoas referidas no caput, não se aplica o disposto neste artigo.

No entanto, não deve haver denúncias contra o árbitro. Isso porque o mesmo já foi afastado pela Ferj, então haveria dupla punição a João Marcos Gonçalves Fernandes. A entidade carioca afastou o árbitro uma hora depois do fim da partida por "falhas gritantes na parte disciplinar".

No Campeonato Carioca, este é o terceiro jogo do Vasco marcado por polêmicas de arbitragem. Na primeira partida, o clube apresentou uma notícia de infração solicitando punição ao jogador Matheus Lucas, atacante do Boavista e autor da cotovelada que atingiu Manuel Capasso.

No domingo, após a partida contra o Bangu, o Vasco pediu que o árbitro Tarcizo Pinheiro Caetano jamais apitasse uma partida do clube novamente, após um jogo marcado por polêmicas de arbitragem, como a expulsão de Jair, a não expulsão de dois jogadores do Bangu e o pênalti de Medel. O árbitro também foi afastado pela Ferj e passará por um processo de reciclagem.

Fonte: ge
  • Sábado, 24/02/2024 às 17h30
    Vasco Vasco 2
    Volta Redonda Volta Redonda 1
    Campeonato Carioca Kleber Andrade
  • Terça-feira, 27/02/2024 às 21h30
    Vasco Vasco
    Marcílio Dias Marcílio Dias
    Copa do Brasil Dr. Hercílio Luz
  • Domingo, 03/03/2024 às 18h10
    Vasco Vasco
    Portuguesa Portuguesa
    Campeonato Carioca São Januário