Ramon não gostou de não ter sido inscrito no Brasileirão deste ano

30/10/2019 às 23h03 - FUTEBOL

Um balde de água fria atingiu Ramon no início desta semana. O lateral vinha treinando com o grupo e evoluindo para tentar voltar a campo após uma grave cirurgia no joelho. Entretanto, na segunda-feira, foi comunicado pelo Vasco que não estava inscrito no Campeonato Brasileiro.

A situação gerou mal-estar no clube. Ramon trabalhava com esperança, inclusive, de ser relacionado para o clássico contra o Fluminense, no próximo sábado. Só quando externou que se sentia preparado para, ao menos, ficar no banco de reservas é que soube que não estava inscrito. Obviamente, não gostou.

Minutos antes do jogo contra o Grêmio, a assessoria do Vasco divulgou a informação de que o lateral estava fora do Brasileiro. Segundo o clube, sua previsão de retorno sempre foi 2020, e ele não foi inscrito justamente porque, quando o prazo se encerrou, não estava em boas condições.

Na avaliação do clube, Ramon vem mostrando evolução acima da expectativa, mas ainda não está apto a atuar em alto nível neste ano. Sua presença nos treinos é uma forma de integrá-lo e acelerar sua recuperação para 2020. O jogador tem, inclusive, frequentado as concentrações e dado apoio aos companheiros.

A grande questão é que Ramon não foi avisado disso. A pessoas próximas o lateral confidenciou que a previsão dada a ele era de oito a 10 meses para voltar a treinar, e mais um mês para poder ser relacionado - cronograma que vinha cumprindo à risca. Por isso, a surpresa ao saber que não jogaria neste ano.

A informação de Ramon é parecida com a que o diretor médico do clube, Marcos Teixeira, disse ao GloboEsporte.com em setembro. Na ocasião, evitou dar um prazo exato de retorno, mas ressaltou, na época, que o jogador estava próximo de voltar aos treinos e ficar à disposição.

- Ele está evoluindo bem. A ideia é que progrida cada vez mais para ir ganhando confiança, e assim possamos soltá-lo para trabalhar com o grupo. Vamos fazendo testes de tempos em tempos, aumentando progressivamente a carga e o tempo de treinamento. Vamos analisando - disse o médico.

Na atual conjuntura, Ramon será preparado para voltar a jogar na pré-temporada de 2020. Seu contrato com o clube se encerra em dezembro do ano que vem.

Fonte: GloboEsporte.com