RedeTV! não transmitirá jogos de brasileiros na Copa Sul-Americana

31/01/2020 às 08h08 - IMPRENSA

Um dia após oficializar um acordo com o DAZN para transmitir os Campeonatos Turco e Mexicano com exclusividade na TV aberta, a RedeTV! anunciou que renovou o contrato de sublicenciamento e exibirá, pelo segundo ano consecutivo, a Copa Sul-Americana. Dessa vez, no entanto, não terá o direito de transmitir jogos dos times brasileiros envolvidos na competição.

Pelo acordo, a emissora paulista poderá exibir 12 jogos do torneio, sendo nove deles ao vivo e sem a presença de brasileiros, às terças, quartas ou quintas-feiras, às 21h30. Os três que restam são duas das quatro partidas das semifinais e a final única, mas todas elas em VT. Nestas três partidas, poderá haver a presença de algum time brasileiro, caso algum chegue até lá.

O acordo é o oposto do fechado em 2019, quando a RedeTV! só mostrou jogos de times brasileiros em VTs. Neste ano, o país será representado na competição por Atlético-MG, Bahia, Fluminense, Fortaleza, Goiás e Vasco, além de alguma equipe que venha após ser eliminada da Libertadores.

Com relação ao Turco e ao Mexicano, a RedeTV! deu mais detalhes da parceria. Os dois estrearão já neste sábado (1º). Às 13h, Trabzonspor e Fenerbahçe se enfrentarão pelo Turco, enquanto Pumas e Monterrey jogarão às 16h pelo Mexicano. Ao todo, serão 32 partidas do Turco e 44 do Mexicano ao longo da temporada, sempre nos sábados à tarde.

"São campeonatos relevantes, que mostram a importância crescente do esporte na grade nacional da emissora. A parceria entre a TV aberta e o DAZN funcionou tão bem que firmamos acordo para a transmissão de novos torneios, apresentando a partir de agora quatro campeonatos internacionais", afirmou Franz Vacek, superintendente de jornalismo, esportes e digital da RedeTV!. Além da Sul-Americana, do Turco e do Mexicano, a emissora ainda transmite o Italiano em parceria com o DAZN.

"Estamos felizes com o seguimento desta parceria de sucesso com a RedeTV!. Juntos, alcançamos grandes resultados em 2019. Este ano, com a chegada dos campeonatos Mexicano e Turco à programação, não será diferente", celebrou Sérgio Floris, vice-presidente de direitos e conteúdo original do DAZN no Brasil.

"O DAZN se propõe a mudar a forma como o mundo vê o esporte, e também nos sentimos em condições de mudar a forma como as marcas se envolvem com os fãs de esportes no Brasil. Levando o conteúdo exclusivo da plataforma para a TV aberta, amplificamos a exposição dos anunciantes, competições e clubes em todo o país", concluiu Mauricio Costa, vice-presidente de mídia e vendas do DAZN no Brasil.

Fonte: Máquina do Esporte