Relação de Galhardo com a diretoria e a comissão técnica não eram boas

08/04/2019 às 08h07 - FUTEBOL

A situação do Vasco não é nada fácil. Em crise financeira, o clube atrasou salários dos jogadores, que não gostaram e protestaram. O resultado disso foi que Thiago Galhardo se desgastou mais do que poderia e acabou fora dos planos. Além disso, o técnico Alberto Valentim encontra certa resistência na torcida e é vaiado constantemente.

Diante deste cenário, ninguém acreditaria que o Vasco jogará a partir do próximo domingo, contra o Flamengo, sua terceira final nesses quatro primeiros meses da temporada. Mas é justamente isso o que está acontecendo.

O Vasco foi o único time que chegou em todas as finais do Estadual do Rio. Faturou a Taça Guanabara e foi vice justamente para o Flamengo na Taça Rio. Agora, os times voltam a se enfrentar na final que vale de verdade: a do Campeonato Carioca.

Os bons resultados obtidos em campo não refletem o conturbado momento da equipe de São Januário. E olha que o tão comentado quadro político, desta vez, não parece ter qualquer ligação.

Tudo começou com os atrasos salariais. A insatisfação foi aumentando aos poucos até que os líderes do grupo marcaram uma reunião com a diretoria para uma cobrança. Havia a possibilidade de o grupo não se concentrar, mas a ideia foi demovida pelo presidente Alexandre Campello.

O vazamento das informações, no entanto, irritou bastante os atletas, que se reuniram após a vitória sobre o Bangu para fazerem um pronunciamento. Leandro Castán, capitão da equipe, foi o porta-voz e disse que algumas informações vazadas não são verdadeiras e foram feitas para desestabilizar o grupo.

O fato é que minutos depois do pronunciamento, o Vasco anunciou que Thiago Galhardo estava fora dos planos do clube. Segundo apuração do UOL Esporte, o jogador teve problemas de indisciplina ao não respeitar hierarquia no clube em algumas oportunidades. As relações com diretoria e comissão técnica não eram boas.

Após o afastamento, o Vasco tentará focar no futebol novamente. A final do Campeonato Carioca ocorrerá em dois jogos. O primeiro será no próximo domingo, e o segundo no dia 21. Não há vantagem nesse estágio e, em caso de empate, o título será definido nas cobranças de pênalti.

Foto: Felipe Schmidtalexandre campello
alexandre campello

Fonte: UOL Esporte