Renato Gaúcho que "havia muita coisa errada no Vasco", mas se nega a dizer o

23/12/2008 às 19h17 - CLUBE

O ano de 2008 parecia promissor para Renato Gaúcho. Treinando o Fluminense, chegou à final da Taça Libertadores, mas, depois de eliminar os poderosos São Paulo e Boca Juniors, acabou perdendo a final para a LDU, do Equador - o campeão sul-americano acabou sendo derrotado pelo Manchester United na final do Mundial de Clubes da Fifa.

No Brasileirão, o Tricolor das Laranjeiras se perdeu, amargando a zona do rebaixamento por inúmeras rodadas, e o treinador acabou demitido no fim do primeiro turno. Com o returno em andamento,foi chamado para tentar salvar o Vasco da Série B. Em vão. O Gigante da Colina caiu para a Segunda Divisão.

- Em três meses de trabalho, fiz de tudo para que o clube não chegasse a esta situação. Mas havia muita coisa errada lá - diz o técnico, sem, no entanto, revelar quais eram os erros em São Januário.

Apesar de tudo, Renato Gaúcho não considera que teve uma temporada ruim, mas agora quer descansar por, no mínimo, quatro meses.

- Foi um ano bom, mas ao mesmo tempo muito desgastante, cansativo e estressante. Quero aproveitar o tempo com a minha mulher e minhas filhas - garante ele na chegada para a pelada de fim de ano mais famosa do país.

Fonte: GloboEsporte.com