Renato quer time acordado contra o Botafogo

20/01/2006 às 08h01 - FUTEBOL

O segundo tempo \"sonolento\" do Vasco , na partida contra o Volta Redonda, quarta-feira passada, na vitória por 2 a 1, serviu como um alerta para o técnico Renato Gaúcho. Por isso, projetando suas atenções para o clássico do próximo domingo, contra o Botafogo, às 18h10m, na partida que marcará a reabertura do Maracanã, ele tratou de chamar a atenção dos seus jogadores para que estejam \"acordados\" do início ao fim.

Para domingo, o técnico já deu corda no despertador, pois tem a exata noção de que um tropeço no clássico deixará o Vasco em situação complicada no seu caminho até a semifinal da Taça Guanabara.

\"Meus jogadores terão de acordar e não podemos entrar em campo no domingo desligados como no segundo tempo diante do Volta Redonda. Não gostei daquela apresentação, mas no futebol o que vale são os três pontos, pois não adiantaria o Vasco jogar bem o tempo todo e não vencer. O Botafogo é uma equipe forte, está embalada e não poderemos voltar a bobear\", disse Renato Gaúcho, que tem o costume de não comentar com a imprensa os pontos fracos do adversário.

Em relação à equipe titular, o comandante vascaíno não deverá fazer mudanças. Ele destacou as boas atuações de Ernane e Abedi, que no segundo tempo entraram nas vagas de Fábio Baiano e Morais, respectivamente. Este último, apesar do segundo gol vascaíno, não esteve bem contra o Volta Redonda, mas tem a confiança de Renato Gaúcho.

\"O Morais é um grande jogador. Deposito minhas fichas nele, mas, às vezes, há males que vêm para o bem. A única coisa que peço é que todos que entrem joguem bem, se esforcem para me dar dor de cabeça. Deixa que depois quebro a minha cabeça para escalar os melhores\", brincou Renato Gaúcho.

Fonte: Jornal dos Sports