Renovação de Raul fica mais distante

17/07/2020 às 08h18 - FUTEBOL

Há um mês e meio efetivamente no comando da equipe — já que anteriormente as atividades estavam paralisadas por conta da pandemia do coronavírus — o técnico Ramon Menezes tem dado sua cara ao Vasco, mas dá sinais de que as disputas por vaga estão em aberto, principalmente no meio de campo. As "brigas sadias" estão entre os meias Benítez e Bruno César e os volantes Fellipe Bastos e Raul.

O argentino Benítez foi titular nas três partidas com o treinador (Macaé e Madureira, pelo Carioca; e Porto Velho, no jogo-treino), mas sempre com a sombra de Bruno César, que entrou bem todas as vezes no segundo tempo. Benítez, porém, deixou o dele no amistoso.

"Ele [Benítez] está num processo de crescimento e evolução da parte física. É um jogador que se entrega muito e o torcedor gosta de ver, veste a camisa de verdade. Jogador de muita movimentação e inteligente para jogar. Está fazendo tudo aquilo que vem sendo pedido. Hoje ele conseguiu fazer seu primeiro gol, embora fosse um jogo-treino, mas é importante e vai dar mais confiança para ele. Um jogador que a gente espera muito. Ele crescendo vai fazer o Talles crescer, o Cano crescer e todos vão crescer juntos", avaliou o técnico Ramon à Vasco TV.

Já entre os volantes, Bastos foi titular nos dois jogos do Estadual, mas perdeu a vaga para Raul no jogo-treino. Porém, na etapa final entrou e fez dois bonitos gols, deixando uma pulga atrás da orelha do comandante.

"São dois jogadores que evoluíram muito e tem condições de ajudar o Vasco. A gente espera isso, um grupo que esteja todo mundo ligado, com muita vontade de jogar. O Fellipe jogou os últimos dois jogos no campeonato, o Raul chegou um pouco depois e é um jogador que a gente conta muito, mais vertical, tem um pressionar, uma característica muito importante que eu vejo nesse atleta na fase defensiva e ofensiva, um jogador inteligente. E o Fellipe entendeu muito bem o que foi pedido e cresceu muito. Um jogador muito técnico, que dita muito bem o ritmo de jogo. Quando ele pega essa bola de frente, enxerga muito bem o jogo e tem um chute muito bom de fora da área. Criar essa competitividade sadia dentro do grupo é muito importante", destacou Ramon.

Raul dificilmente renovará

Fellipe Bastos poderá levar uma "vantagem" por questões extracampo. Raul tem contrato somente até dezembro deste ano e não tem chegado a um denominador comum com a diretoria para uma renovação.

O volante teve cláusulas não cumpridas no atual contrato, que lhe asseguravam um aumento salarial, algo que o deixou incomodado e que agora o deixam reticente em aceitar um acordo de parcelamento dos atrasados. Outro ponto que o incomodou foi ter dado prioridade ao Vasco em uma renovação anteriormente, mas não ter se sentido prestigiado pelos dirigentes.

Além disso, o jogador de 23 anos tem propostas e sondagens de clubes do Brasil e do exterior, e vê com cada vez mais contundência a possibilidade de mudar de ares.

Ramon, por sua vez, conta com a permanência do volante: "Vejo o Raul como um jogador muito importante. Quando fui perguntado a respeito de contratação, eu disse que seria muito importante que mantivéssemos o elenco, os jogadores que aqui já estão e o Raul faz parte disso. Um jogador que já mostrou sua importância."

Fonte: UOL Esporte