Resultados ajudam e Vasco volta a ter chances na Taça Guanabara

30/01/2020 às 08h03 - CLUBE

A situação ainda é delicada na Taça Guanabara, mas poderá melhorar caso o Vasco vença hoje (30) a Cabofriense, às 21h30, em São Januário, pela 4ª rodada. Tudo por conta dos resultados que ajudaram o Cruz-Maltino.

O Madureira, que iniciou a rodada na liderança do Grupo B com nove pontos, perdeu para o Boavista por 3 a 1. Já o Volta Redonda empatou em 0 a 0 com o Bangu e foi para sete pontos. Ou seja, caso o Vasco vença o time da Região dos Lagos, chegará aos sete pontos e ficará a apenas dois da zona de classificação para as semifinais, restando seis pontos em disputa na fase de grupos.


Vale lembrar que com a vitória do Fluminense, ontem, sobre o Flamengo, o Tricolor disparou na liderança com 12 pontos.

Para o duelo, o técnico Abel Braga novamente escalará força máxima, assim como fez na vitória por 1 a 0 sobre o Boavista.

Após fazer seu primeiro gol com a camisa vascaína, o atacante Germán Cano, único reforço até aqui na temporada, é a esperança da equipe.

Na avaliação do volante Raul, não existe outro resultado que não a vitória diante de um adversário que é o lanterna do Grupo A e perdeu todas as partidas até aqui:

"Em casa, com nossa torcida, não podemos esperar o adversário. A Cabofriense vem de três derrotas. Temos que ir para cima, buscar os gols e a vitória".

Voltará a poupar

Independentemente do resultado de hoje, o técnico Abel Braga já decidiu que irá poupar os titulares na partida de domingo (2), contra o Botafogo, às 16h, no estádio Nilton Santos (RJ). A ideia é deixar o time "inteiro" para o importante duelo da próxima quarta-feira (5), diante do Oriente Petrolero (BOL), em São Januário, pelo jogo de ida da primeira fase da Copa Sul-Americana.

O treinador já havia optado por poupar os titulares no clássico com o Flamengo, onde foi derrotado por 1 a 0 e acabou sendo muito criticado.

FICHA TÉCNICA: VASCO x CABOFRIENSE
Local: São Januário, Rio de Janeiro (RJ)
Hora: 21h30 (horário de Brasília)
Árbitro: Paulo Renato Moreira da Silva Auxiliares: Thiago Henrique Neto Corrêa e Rafael Sepeda de Souza

VASCO: Fernando Miguel, Yago Pikachu, Werley, Leandro Castan e Henrique; Raul, Bruno Gomes e Gabriel Pec; Talles Magno, Germán Cano e Marrony. Técnico: Abel Braga
CABOFRIENSE: George; Watson, Lucas Cunha, Igor e Guilherme; Magno, Nick, Abner e Rafael Pernão; Marcus Vinicius e Max. Técnico: Luciano Quadros.

Fonte: UOL