Richard ganha conselhos e vira válvula de escape no Vasco de Luxemburgo

09/07/2019 às 08h16 - FUTEBOL

Emprestado pelo Corinthians, o volante Richard foi anunciado pelo Vasco no dia 20 de junho sob certa desconfiança com uma parcela de expectativa da torcida. Menos de um mês depois, ganhou a vaga no meio de campo do Cruz-Maltino e tem agradado, e muito, ao técnico Vanderlei Luxemburgo com características antes em falta no elenco.

Na atual formação do Vasco, testada pelo treinador nos amistosos durante a pausa do Campeonato Brasileiro para a Copa América, Richard faz a função de primeiro volante, mas com obrigações fundamentais para o bom funcionamento do esquema ofensivo, também. Ultimamente, nos treinos e jogos, o jogador virou uma válvula de escape da equipe. Não por acaso.

Vanderlei Luxemburgo, responsável por ter indicado o jogador, tem sido atencioso com o recém-chegado. Nos treinos, conversa ao pé do ouvido, dá conselhos e pede o que quer ver em campo: um Richard que esteja sempre na "zona morta" do jogo, onde ninguém costuma estar, para buscar a bola e ligar defesa-meio-ataque com passes verticais, que quebrem linhas, não apenas para os lados.

Cada um com suas qualidades e histórias em suas devidas proporções, mas Luxemburgo quer que Richard desempenhe uma função parecida com a qual Paulo César Carpegiani, ex-jogador com passagens por grandes clubes brasileiros e internacionais, se destacou no futebol. O que mais agrada ao técnico, que não quer vê-lo com medo de errar, são os passes em profundidade, verticais, o que o Vasco sofria para ter num passado recente.

Destaque nos treinamentos, Richard passou a ter uma vaga na equipe titular do Cruz-Maltino, sendo o responsável pelo início de quase toda jogada de ataque, variando entre os lados direito e esquerdo. Até agora, ele começou jogando contra Rio Branco, Atlético-GO e Foz do Iguaçu. Não deve ser diferente contra o Grêmio, sábado, pelo Campeonato Brasileiro.

A expectativa agora é para que, depois de semanas de treinamento, Richard coloque em prática nas competições o que foi visto nos amistosos e no dia a dia do Vasco.

Fonte: GloboEsporte.com