Riquelme e Lucas Santos valorizam crias do Vasco entre profissionais

17/07/2020 às 08h14 - FUTEBOL

Não é novidade que o Vasco tem apostado em jogadores formados na suas próprias categorias de base para formar o elenco principal. Com problemas financeiros para grandes contratações, as crias de São Januário tem ganhado cada vez mais espaço no grupo. No jogo-treino contra o Porto Velho, na última quarta-feira, seis dos 11 titulares foram formados na base. E muitos outros entraram no segundo tempo.

Dois desses jogadores foram Lucas Santos e Riquelme. O meia-atacante, inclusive, marcou o último gol da vitória por 5 a 0, enquanto o lateral-esquerdo teve sua primeira experiência entre os profissionais do Vasco.

Nesta quinta-feira, em “live” na Vasco TV, os dois falaram sobre o aproveitamento dos jogadores da base no elenco principal do Cruz-Maltino e como esse entrosamento que começa nas categorias inferiores pode ser importante para o time.

– Eu e Lucas sempre vínhamos jogando no sub-20, no ano retrasado fizemos uma boa Copa São Paulo. A gente fica mais confortável subindo agora porque a comunicação boa dentro de campo é o ideal. Temos esse entrosamento desde a base. Fico tranquilo em relação a isso porque sei que as oportunidades podem aparecer a qualquer momento – disse Riquelme, de 17 anos, antes de completar:

– Ramon sabe o momento certo de colocar a gente da base pra jogar. Fico tranquilo em relação a isso, procuro trabalhar bastante, dar o meu máximo porque eu sei que as oportunidades podem aparecer a qualquer momento.

Entrosamento desde a base

Um pouco mais experiente que o lateral-esquerdo, Lucas Santos, de 21 anos, valorizou o fato de vários garotos estarem tendo oportunidades no grupo principal.

– A gente fica muito feliz de ver a vitória de um companheiro de chegar no profissional. A gente fica radiante com isso tudo. Nos dá empolgação para poder estar desfrutando desse sonho com nossos companheiros. Facilita porque cada um já sabe como é a movimentação e sabe onde o cara gosta de receber. É bom por esse entrosamento a gente leva pra dentro de campo – finalizou o meia-atacante.

Fonte: Esporte News Mundo