Rival: Cruzeiro pode ter time reserva contra o Vasco

26/08/2019 às 11h23 - FUTEBOL

Embora viva situação delicada na classificação do Campeonato Brasileiro, o Cruzeiro poderá não ter todos os seus titulares no próximo compromisso pela competição, no domingo, às 19h, contra o Vasco, no Mineirão. Isso porque o time celeste tem pela frente, já na quarta-feira seguinte, dia 4, o jogo de volta das semifinais da Copa do Brasil, contra o Internacional, em Porto Alegre.

“Agora ficou um pouco difícil, precisamos conversar com todos no clube. Principalmente jogadores de velocidade, se você coloca (para jogar), talvez a recuperação seja curta para quarta-feira (contra o Inter). Se você não coloca, também não tem essa intensidade que a gente gosta de ter. São escolhas que vamos fazer ao longo da semana, vamos ver a recuperação dos jogadores, como o Pedro se recupera”, projetou.

Para a partida contra o Vasco, a tendência é que Rogério volte a ter à disposição a dupla de zaga titular. Neste domingo, ele precisou utilizar Fabrício Bruno e Cacá, uma vez que Dedé e Leo se queixaram de problemas físicos ao longo da semana. A dupla realizou trabalhos de fisioterapia e deverá retornar ao time.

“Hoje, qualquer jogo de Campeonato Brasileiro, para você conseguir a vitória no Brasileiro você tem que usar toda sua força. E aí o tempo de recuperação se torna curto para um jogo também muito importante pela Copa do Brasil. Por isso, seria precipitado fazer qualquer análise. Mas o jogo contra o Vasco é importantíssimo, em casa, praticamente um confronto direto, precisamos da vitória de qualquer jeito”, complementou.

Na Copa do Brasil, o Cruzeiro foi derrotado pelo Internacional no jogo de ida da semifinal, no Mineirão, por 1 a 0. A derrota em Belo Horizonte acabou tendo como consequência a demissão do técnico Mano Menezes. Para chegar à final, o time celeste precisará, no mínimo, de uma vitória simples no Beira-Rio.

Já no Brasileiro, a situação da Raposa segue delicada. Cruzeiro está estacionado na 16ª posição, agora com 15 pontos. Vasco e Fortaleza, 14º e 15º, não perderam seus compromissos na rodada, diante de São Paulo e Santos, e aumentaram a distância na tabela. Os cariocas, agora com 20 pontos, bateram o Tricolor por 2 a 0, enquanto os nordestinos, com 18, empataram com o alvinegro praiano, fora de casa, por 3 a 3.

Fonte: Superesportes