Rodrigo Caetano não descata saída do Grêmio

02/01/2009 às 20h14 - CLUBE

Um contrato de dois anos, com total autonomia para buscar novos jogadores e montar o time para a Série B de 2009, foi oferecido ao diretor executivo de futebol do Grêmio, Rodrigo Caetano, pelo Vasco. O projeto sensibilizou o dirigente tricolor, mas ele garante que a idéia inicial é de permanecer no estádio Olímpico.

- Existiram contatos, mas vou pensar com calma para fazer a opção mais adequada. É uma decisão difícil, mas um profissional tem que estar sempre aberto a estas possibilidades. Atualmente, minha intenção é de continuar no Grêmio - disse.

Mas ele não descarta a saída do Tricolor gaúcho.

- Nos faz pensar pelo projeto de reconstrução do futebol do Vasco. É uma chance de fazer desta queda à Série B uma possibilidade de reerguer o clube - completou.

A decisão oficial de Rodrigo Caetano deve ser anunciada na próxima segunda-feira. Desde que assumiu a coordenação do futebol do Grêmio, o clube já faturou cerca de € 30 milhões (R$ 96,9 milhões) com a venda de atletas vindos das categorias de base.

Como diretor executivo do futebol gremista, Rodrigo Caetano acompanha de perto as categorias de base do clube. Neste domingo, os garotos iniciam participação na Copa São Paulo de Futebol Júnior e talentos podem ser reveladas.

- Para a posição de volante, além do Adílson, temos o Júlio César, que participou da Copa Lupi Martins, o Paulinho, que era o capitão do time campeão do Brasileiro Sub-20, e o Tiago Dutra, que é figura constante nas seleções de base do Brasil. Mas também apostamos muito no Roberson, no Rafael Martins, no zagueiro Vagner. O que nos deixa tranquilos é saber que sempre que o time profissional precisar, pode recorrer ao time de juniores - afirmou.

Fonte: GloboEsporte.com