Romário é matéria do tradicional jornal inglês The Times

30/05/2006 às 10h25 - IMPRENSA

O jornal britânico The Times afirma nesta terça-feira que o atacante Romário é um \"playboy\" obcecado por marcar gols.

A reportagem sobre o campeão mundial de 1994, é a segunda de uma série sobre futebol brasileiro. Na segunda-feira, o jornal trouxe uma entrevista com Sócrates, um dos ídolos da Copa de 82.

O jornal relata que quando a Copa do Mundo estiver começando, Romário estará jogando em Vancouver, no Canadá, pelo Miami FC para uma platéia que \"provavelmente nem irá reconhecê-lo\".

O jornal indaga, \"o que diabos Romário está fazendo aqui?\" e acrescenta: \"A resposta está em uma curiosa obsessão: marcar mil gols no futebol profissional\".

Números

O diário comenta que a \"contagem extra-oficial\" dá conta de que o jogador tem 967 gols, mas \"a mídia brasileira, entre a qual Romário tem poucos amigos, se alegra em dizer que a marca verdadeira está mais próxima dos 800\".

O jornal afirma que o jogador, campeão brasileiro pelo Vasco da Gama, \"vem desafiando o processo de evelhecimento, ao seguir marcando de forma abundante\" e que ele conseguiu conciliar essa característica com \"um estilo de vida de playboy\". O diário conta que pouco após ter chegado a Miami, Romário afirmou que não se lembrava haver dormido quando tinha entre 18 e 30 anos, uma vez que saía para dançar, tomava café e ia direto para os treinos.

Por isso, diz o Times, \"não é segredo que as casas noturnas de Miami foram alguns dos chamarizes da cidade, bem como a possibilidade de marcar gols com facilidade\".

De acordo com o jornal, existem dois tipos de atletas: \"os que se sentem privilegiados em integrar o mundo do esporte e os que acham que o mundo do esporte é que tem o privilégio de contar com eles. Romário pertence à segunda categoria\".

O Times conta que como o jogador perdeu velocidade devido à idade avançada, ele \"reinventou a arte\" de marcar gols com uma fórmula simples: \"Eu só tenho que ficar perto do gol o tempo todo\".

O jornal conclui que faltam apenas 33 gols para Romário chegar aos mil, mas faz a ressalva de que a marca se deve \"à discutível contagem\" do jogador.

Fonte: BBC Brasil