Mercado

Saga do Vasco por um camisa 10 parece estar perto do fim

A saga do Vasco por um camisa 10 parece estar perto do fim. A SAF tem negociação adiantada com o meia francês Dimitri Payet, de 36 anos, sem clube desde julho. Mas até chegar ao nome do ídolo do Olympique de Marselha a diretoria vascaína sofreu com muitas negativas.

A negociação com Payet não aconteceu da noite para o dia. Quando o Vasco entendeu que não fecharia com Luciano Vietto, passou a sondar o mercado de jogadores livres e chegou ao nome do francês, que se despediu do Marselha no dia 21 de julho.

A conversa esquentou de fato nos últimos dias. Primeiro foco do Vasco, Vietto foi procurado em meados de julho com uma proposta considerada boa, mas a falta de interesse da família do jogador em vir para o Rio e, posteriormente, uma oferta bem mais vantajosa da Arábia Saudita afastaram o argentino do futebol brasileiro. O clube carioca, que já fazia planos para a vinda de Vietto, viu o negócio esfriar no início de agosto.

A busca por um camisa 10 virou obsessão do diretor esportivo Paulo Bracks, que tenta desde o início do ano preencher a posição com algum nome de peso, que ele prometeu buscar também na segunda janela de transferências. Com Payet o dirigente pode ganhar pontos com a torcida.

O ge publicou que as partes já negociam detalhes do contrato. O meia francês já fez contato com colegas que atuam ou atuaram no futebol brasileiro e ouviu coisas positivas. Payet já faz planos para vir ao Rio de Janeiro, por isso o Vasco está tão otimista.

O otimismo se dá também pela proposta enviada ao jogador. O Vasco, que não previa grandes investimentos nesta janela, tem feito "sacrifícios financeiros", como definiu um dirigente ao ge, para encorpar o elenco: entendem que um rebaixamento no fim da temporada pode custar bem mais caro. No caso de Payet, o clube esticou a corda para oferecer salário e benefícios atrativos.

O mesmo havia acontecido com outros nomes de peso procurados pela SAF no último mês. Mas a boa oferta financeira não foi suficiente para atraí-los. O momento ruim do time no Campeonato Brasileiro assustou a maioria, que recusou o convite. Payet, por outro lado, já se mostrou inclinado a aceitar o desafio. O nome foi aprovado por Ramón Díaz: "Eu preciso de jogadores que queiram vir para o Vasco", declarou o técnico em entrevista coletiva no último domingo.

A declaração de Ramón se refere às inúmeras negativas que o clube recebeu nas últimas semanas. O Vasco procurou nomes como Manuel Lanzini (antes sem clube, fechou com o River Plate), Rodrigo Zalazar (Braga), Jorge Carrascal (CSKA), Franco Fagúndez (Nacional), Oscar Romero (antes sem clube, fechou com o Pendikspor), Ezequiel Bullaude (Feyenoord), Rafinha Alcântara (Al-Arabi) e Luciano Vietto (antes sem clube, fechou com o Al Qadisiyah). O centroavante Edinson Cavani também foi procurado, mas não se interessou e foi para o Boca Juniors.

Caso feche com Payet, o Vasco seguirá no mercado em busca de pelo menos mais dois nomes: as prioridades passam a ser um zagueiro que jogue pela direita e um primeiro volante.

Fonte: ge
  • Domingo, 12/05/2024 às 18h30
    Vasco Vasco 2
    Vitória Vitória 1
    Campeonato Brasileiro - Série A São Januário
  • Domingo, 02/06/2024 às 18h30
    Vasco Vasco
    Cruzeiro Cruzeiro
    Campeonato Brasileiro - Série A São Januário
  • A definir
    Vasco Vasco
    Flamengo Flamengo
    Campeonato Brasileiro - Série A Maracanã
  • A definir
    Vasco Vasco
    Palmeiras Palmeiras
    Campeonato Brasileiro - Série A Arena Barueri
  • A definir
    Vasco Vasco
    São Paulo São Paulo
    Campeonato Brasileiro - Série A A definir