Saiba mais detalhes do lançamento do projeto do novo Centro de Treinamento

22/08/2019 às 21h18 - CLUBE

De olho no futuro, o Club de Regatas lançou nesta quinta-feira (22/08) o projeto de construção de seu Centro de Treinamento, um sonho antigo do torcedor vascaíno. A cerimônia, que contou com discursos do Presidente da Diretoria Administrativa, Alexandre Campello, e do arquiteto Sergio Caldas, responsável pela elaboração do projeto, ocorreu no Campo Olímpico de Golfe, na Barra da Tijuca, mesmo bairro onde o CT será construído.  A expectativa é que, no primeiro semestre de 2020, o time profissional já esteja utilizando as instalações.

O Vasco disponibilizará dentro do site oficial do Clube um portal de prestação de contas para quem quiser acompanhar a evolução do projeto e como os recursos doados serão utilizados (https://vasco.com.br/site/conteudo/detalhe/219). Tudo com a devida transparência.A exemplo do que ocorreu em 1927, quando a união dos vascaínos possibilitou ao Clube erguer o Estádio de São Januário, então o maior estádio da América Latina, o Vasco acredita novamente na força de seus associados e torcedores para que o Centro de Treinamento seja realidade o quanto antes. Para tanto, lançou um modelo de crownfunding através da plataforma especializada Kickante. A partir de R$ 15, qualquer um poderá doar para colaborar na construção do CT.  Para todos os valores, haverá recompensas. 

Clique aqui, participe e saiba mais sobre o crownfunding.

Mudança de patamar

O evento desta quinta-feira começou com um vídeo institucional reforçando a ideia de que o vascaíno, sempre que chamado, se mobilizou para superar os desafios e vencer. Em seguida, o presidente Alexandre Campello subiu ao palco. Ressaltou que um Centro de Treinamento próprio fará o Vasco da Gama mudar seu patamar esportivo e econômico. O dirigente também agradeceu ao poder público, em especial ao prefeito Marcelo Crivella e ao vereador Alexandre Isquierdo, por viabilizarem o terreno. 

- É o dia muito importante para todo o vascaíno. Lançamos o projeto do CT, um sonho de todos que são vascaínos. Um dos nossos compromissos quando assumimos era de reestruturar o clube financeiramente. Tínhamos nove grandes prioridades, mas todas elas servem como alicerce para a princnipal prioridade, para aquilo que é essência do clube, que é ter o futebol forte e competitivo. Todas essas ações buscam fazer futebol forte e competitivo de uma forma perene. Queremos reestruturar o clube, e isso passa pela construção de um centro de treinamento para melhor trabalhar o futebol, captando jovens e oferecendo melhores condições de trabalho aos atletas. É uma mudança de patamar no que diz respeito a se posicionar diante dos adversários e é um legado que essa gestão pretende deixar para o Vasco da Gama. Desenvolvemos um projeto à altura do Vasco, e o custo total é de cerca de 30 milhões. Vamos fazer essa construção por fases, num primeiro momento com dois campos de futebol e uma área necessária para uso do futebol. A primeira fase tem custo estimado de seis milhões. Captamos profissionais vascaínos e que abraçaram essa causa. Não é projeto de uma gestão, de nenhum dirigente, mas do Vasco. Vai colocar o clube num outro patamar esportivo e econômico - afirmou o presidente Alexandre Campello.

Foto: Rafael Ribeiro/Vasco.com.brMaquete foi apresentada durante lançamento de projeto.
Maquete foi apresentada durante lançamento de projeto.

Em seguida, Campello chamou ao palco o treinador Vanderlei Luxemburgo, que compareceu ao evento ao lado da jovem promessa Talles Magno, de apenas 17 anos. O experiente e multicampeão treinador valorizou a iniciativa cruzmaltina e frisou a importância da construção do centro de treinamento para a modernização do departamento de futebol do Gigante da Colina.

- É um prazer estar presente num momento importante na história do Vasco. A minha vida profissional começou nesse clube como assistente do Antônio Lopes. Voltar foi uma coisa que aconteceu e me deixou muito feliz. Não queria mais nada com o futebol, meu objetivo era ficar mais próximo dos netos, da família. Quando eu vi a possibilidade de voltar a trabalhar onde comecei, eu comecei a projetar uma parada. E nada melhor do que parar onde tudo começou. O CT é fundamental, pois se você têm os atletas, que são matéria-prima, você precisa prepará-los e não consegue fazer isso sem local adequado. É fundamental você ter um local para trabalhar. O Vasco tem a tradição de revelar jogadores e esse projeto faz o clube dar um pontapé para alcançar um outro nível. Fico feliz por estar aqui contribuindo e dando pitacos para a construção de um centro de treinamento moderno. O Vasco deu pontapé para um projeto primordial a vida de um clube - declarou o técnico Vanderlei Luxemburgo.

O arquiteto Sergio Caldas também discursou durante o evento. Na ocasião, o gabaritado profissional exibiu um vídeo sobre o projeto. O novo Centro de Treinamento do Vasco será erguido em uma área total de 80 mil metros quadrados. Serão, ao todo, sete campos com dimensões oficiais, além de sete módulos, contando com instalações para o profissional e base; hotelaria; serviços; um estádio com capacidade para 2 mil pessoas; estacionamento e sala de imprensa. O custo total do CT será de R$ 30 milhões, sendo que a etapa 1, dedicada à construção de uma estrutura para o futebol profissional, custará R$ 6 milhões. 
 

Após o pronunciamento do arquiteto, veio o grande momento da noite, quando Alexandre Campello e o Vice-Presidente de Obras e de Engenharia, Pedro Seixas, apresentaram a maquete do Centro de Treinamento. A cerimônia se encerrou com o tradicional grito de Casaca e o hino oficial do Clube, que dá um passo decisivo para recuperar seu protagonismo no esporte nacional.

Fonte: Site oficial do Vasco