Sem previsão de retorno, DM do Vasco orienta jogadores

16/05/2020 às 08h00 - CLUBE

Mesmo ainda sem uma previsão de quando os jogadores voltarão a treinar em São Januário, o departamento médico do Vasco tem feito contato com seus atletas a fim de orientá-los em relação aos cuidados cotidianos e também já projetando o retorno às atividades.

Nessa semana, o chefe do DM vascaíno, Marcos Teixeira comandou videoconferência com o elenco. Nela, passou orientações básicas com o auxílio de uma apresentação em Power Point.

+ Monitoramento de sono e stress, treinos filmados e folga aos domingos: a rotina do Vasco pós-férias

A ainda indefinida volta a São Januário também foi tratada, e os protocolos para os trabalhos no estádio foram apresentados aos atletas. Houve 100% de adesão do elenco, e todos acompanharam e tiraram dúvidas. Teixeira, porém, garante que o conteúdo teve como principal intenção introduzir o grupo em relação aos próximos passos, já que as Governo e Prefeitura do Rio ainda não liberaram as atividades.

- Os jogadores foram orientados quanto aos cuidados de higiene, isolamento e precauções que devem ter em seus domicílios e com as suas famílias. Enfatizamos também as recomendações quanto aos treinos individuais e os com presença de personais trainers.

- Outro tópico foi a introdução de todo o protocolo que será praticado no retorno aos treinos em São Januário. A cultura do futebol é de muito contato pessoal, portanto deve-se ter em mente uma mudança de conceitos para que mantenham distanciamento, não apertem as mãos, não se abracem, não usem anéis, relógios e cordões. Cabe lembrar que foi uma reunião introdutória, haja visto que o retorno aos treinos será realizado quando for liberado pelas autoridades competentes.

Marcos Teixeira considerou a videoconferência extremamente positiva e destacou o interesse do elenco. Além de instruções sobre o protocolo e dicas de higiene, o médico do Vasco abordou a situação do coronavírus, passou números e questões de segurança para os atletas se cuidarem e protegerem suas famílias.

Fonte: Globoesporte.com