Sempre Vasco apresenta proposta de criar ouvidoria no clube

07/10/2020 às 08h45 - POLÍTICA

Quantos sócios já cancelaram planos por conta do atendimento ruim? Quantos Vascaínos tentaram relatar um problema e não conseguiram? Quantos sócios ainda vamos perder por não cumprir com o atendimento adequado?

Hoje, o Vascaíno não dispõe de um canal de atendimento eficiente. O atendimento ao sócio torcedor, por exemplo, possui falhas pela completa falta de estrutura e processos. Não há número de protocolo, prazo para resolução do problema e por vezes nem o atendimento é garantido. Além disso, a Ouvidoria, que deveria ser o canal de última instância, simplesmente não funciona.

Reverter essa situação é uma questão de integridade. O presidente e os gestores só conseguirão mapear problemas, otimizar processos e avaliar departamentos, se tiverem em mãos relatórios consolidados, baseados, por exemplo, nas reclamações e sugestões do sócio e do torcedor. É preciso ouvir o que o Vascaíno tem a dizer. E mais, temos que dar ao Vascaíno o que ele quer saber, por isso, a Ouvidoria também deve atuar no monitoramento da transparência.

O Vasco precisa de uma Ouvidoria que atue de forma estratégica. Os relatórios trariam dados consolidados para que o gestor tenha a visão do todo para tomar as melhores decisões.

Hoje, toda Organização de ponta investe em satisfação, com o Vasco não pode ser diferente. Ouvidoria e atendimento são investimentos. O custo de uma Ouvidoria é baixo. E falando em custos: Qual o custo de NÃO ter uma Ouvidoria no Club?

A Sempre Vasco acredita no poder do sócio e da torcida, ouvir o torcedor é o mínimo.

#PraSerSempreVasco

#PraSerSempreCampeão

Fonte: Facebook Sempre Vasco