Sentença de despejo do Vasco do Vasco Barra foi publicada dia 15/10

22/10/2009 às 10h41 - CLUBE

Com a sentença de despejo do Vasco-Barra publicada no último dia 15, está aberta a contagem regressiva para o clube deixar o CT. Enquanto a Patty Center, detentora do imóvel, aguarda pela saída até o dia 16 de novembro, o departamento jurídico do Vasco confia em permanecer, pelo menos, até o final do ano.

— O recurso do Vasco não impede o cumprimento da sentença. Não tem efeito — afirmou a advogada Clarice Goulart.

O vice-presidente jurídico do clube, Nélson Almeida, afirma que entrará com embargos declaratórios hoje, diretamente para a juíza Érica Batista de Castro, da 1ª Vara Cível da Barra da Tijuca. Ele questionará pontos que analisa como obscuros na sentença.

— A juíza não analisou, por exemplo, as benfeitorias no imóvel. O clube tem que ser ressarcido. Isso vai durar tempo ainda — disse Nélson Almeida.

Na sentença, a juíza ordena o despejo baseado na inadimplência de 39 meses com aluguel e IPTU. Ela calcula em R$5,6 milhões a dívida, a ser atualizada ainda.

Fonte: Extra / netvasco