Série vira modelo para família reformar carro e contar história de Dener

22/07/2020 às 08h47 - FUTEBOL

Um telefonema da oficina de restauração de carro. Uma inspiração na quarentena e um desejo incessante de preservar a história do pai. Assim surgiu a ideia de Dener Matheus, caçula entre os três filhos do ex-jogador, para contar a história do pai - e da própria família - através da reforma do carro, uma paixão que abreviou a passagem no dia 19 de abril de 1994.

O famoso Mitsubishi branco, com placar DNR 0010, está guardado desde o acidente fatal no galpão do empresário José Luis Moreira, hoje, de novo, vice de futebol do Vasco - reveja a reportagem do Esporte Espetacular no vídeo acima. Dener Matheus conseguiu, junto ao escritório de advocacia em que trabalha, resolver pendências na Justiça para buscar o carro do pai.

O resgate deve ser marcado para o mês de agosto e vai fazer parte de uma nova história: a família quer ver o carro novo em folha para representar novo ciclo tantos anos depois da tragédia. Eles chamaram a oficina Dimension, que fez mais de 30 reformas de carro no quadro "Lata velha", do programa Luciano Huck, e também uma produtora para roteirizar e filmar a história do pai em formato de série.

- Vamos falar do tempo curto do meu pai no futebol, da displicência, daquele jeito moleque, maloqueiro. Mas vai contar mais da família. É uma restauração do carro e também da família. Precisamos mudar a página. Não dá mais para ficar como a família vitimista como a imprensa nos colocou durante muito tempo - diz Dener Matheus, responsável pelos contatos com empresas interessadas em participar da produção e apoiar a iniciativa.

- É a história do jogador que, durante quatro anos, fez a alegria do povo com o jeito moleque, de driblar a vida, de fintar o zagueiro. E tem a paixão pelo carro, que era o grande xodó dele e foi aonde ele faleceu - diz Rodrigo Maia dos Santos, roteirista da série

Para a reforma do carro, Emerson Calvo, da Dimension, que fez o primeiro contato com Dener Matheus depois que assistiu a matéria do Esporte Espetacular, já recebeu contato da Mitsubishi para cooperar em peças e facilidades para remodelar o veículo. Ele prevê remontar a máquina preferida de Dener em curto prazo.

- Vamos fazer em 40 dias para não tomar muito tempo e poder caber nas filmagens. Vai ficar como se estivesse saindo da concessionária. Já temos um carro doador, que é de onde vamos tirar as peças e transferi-las, o que já nos facilita - contou Emerson.

Ele fez o "Lata Velha" por três temporadas, reformou 33 carros e na ocasião da reportagem na TV Globo foi marcado no Instagram para assumir esse projeto. Já era intenção da família Dener de reformar o veículo.

Matheus Dener se encantou com a série "The Last Dance" de Michael Jordan, exibida no Netflix recentemente. Fã do tipo de produção, também gostou da série sobre Sandy & Junior, da GloboPlay. Ele conta com o roteiro do jornalista Rodrigo Maia dos Santos, que escreve a série intercalando a reconstrução do carro e a vida da família.

- A montagem do carro vai ser paralelo para que a gente consiga mostrar essa família e eternizar o Dener. A imagem do carro batido é depreciativa, lógico, pois o carro ficou destruído. A imagem da família muitas vezes assim, que não se recuperou, que sofreu muito com tudo isso. O que existiu, evidentemente, mas a reconstrução do carro simboliza a reconstrução familiar e também a eternização do nome do Dener - conta Rodrigo, prometendo surpresas. - Essa história tem outros heróis que vamos mostrar.

- Quando vi o documentário do Michael Jordan pensei: “é isso, essa pegada”. Vi também do Sandy & Junior, que conta da carreira e da história. Você vê sofrimento, momentos difíceis, superação. Meu pai teve infância com muito sofrimento, mas conseguiu superar tudo isso. Isso que queremos mostrar - conta Dener Matheus.

Morte às vésperas do tri do Vasco

Dener morreu dia 19 de abril de 1994 – dois dias depois de sua última partida. O empate por 1 a 1 com o Fluminense no quadrangular final do Campeonato Carioca. Dener foi expulso com Branco naquela partida e foi para São Paulo, de carro, na folga.

Dener teve três filhos com a mulher Luciana Gabino, que vai dar depoimento na série: Denis, Felipe e Matheus. Os três tentaram jogar futebol, mas nenhum se profissionalizou. A família se divide entre a Vila Ede, onde Dener nasceu e cresceu, e Santos, onde mora a mãe do craque, dona Vera.

O Vasco, último clube de Dener, somente quitou a indenização em outubro de 2015. Emprestado pela Portuguesa, o Vasco, na ocasião, não fez seguro de vida para Dener.

O carro de Dener foi um presente da Portuguesa de renovação de contrato. O jogador exigiu o veículo para assinar com a Lusa e voltar a treinar em 1993. A Mitsubishi Eclipse, carro raro na época no Brasil, permaneceu no Rio para perícia, por decisão judicial. À época, José Luis Moreira guardou o veículo.

Fonte: GloboEsporte.com