Mercado

Situações contratuais dos jogadores do Vasco aponta para reformulação

A expressão “profunda reformulação” usada pelo presidente Jorge Salgado, em seu breve pronunciamento, na última sexta-feira, não será da boca para fora. O Vasco vai precisar remontar seu elenco para a próxima temporada. Não apenas por opção após a vexatória campanha na Série B, mas também por obrigação. Além dos jovens formados no clube, apenas cinco jogadores têm contatos válidos até o fim de 2022.

No rápido pronunciamento, Salgado prometeu colocar em prática as mudanças até a conclusão da Série B, cuja última rodada está marcada para o próximo dia 28.

- Vamos começar uma reestruturação no departamento de futebol. Já estamos contatando pessoas para ver quem entra e quem sai. Isso será feito até o final do campeonato e começo das férias dos jogadores. Haverá profunda reformulação - disse o presidente.

Ou seja, antes de decidir quem fica ou sai, Salgado prioriza a contratação de nomes para tocar o futebol. O departamento terá um executivo que muito provavelmente ganhará o tratamento de CEO da pasta. Um coordenador para cuidar do campo e bola também ganha muita força. Definidos estes dois nomes - o do VP é o que menos demanda pressa -, o Vasco parte para renovações, dispensas e contratações.

Nenê, Leandro Castan, Léo Matos, Sarrafiore e Jhon Sanchéz formam o quinteto de jogadores que não foram formados em São Januário e iniciam a próxima temporada com contrato em vigor. O restante dos que continuam vinculados ao Vasco são pratas da casa.

Confira a situação do quinteto:

. Castan: aceitou reduzir o salário no início do ano por um novo vínculo até dezembro de 2022. Apesar do contrato, vem de duas temporadas desgastantes no clube.

. Nenê: seu contrato previa aumento de cerca de 70% em caso de acesso, mas, independentemente disso, segue com vínculo até o fim de 2022 e a continuidade não será problema.

. Léo Matos: assim como Castan, topou reduzir seu salário no início do ano para estender o vínculo até dezembro de 2022.

. Sarrafiore: passou por cirurgia no joelho e teve seu contrato de empréstimo renovado por mais um ano, junto ao Inter. No entanto, dificilmente jogará no primeiro semestre.

. Jhon Sanchéz: está emprestado pelo Independiente de Valle até julho, mas praticamente não jogou com Fernando Diniz. Outro que tem a permanência incerta.

Entre a garotada formada na base, a maioria segue com contrato em 2022. Há, no entanto, exceções. Andrey tem vínculo até dezembro e está de saída. Terceiro goleiro do elenco, Halls é outro que tem o contrato encerrado no fim do ano. Tratados como joias na base, mas com pouco espaço nessa temporada, Caio Lopes e João Pedro têm contrato até janeiro.

Veja as situações contratuais dos jovens revelados no clube:

  1. Lucão (goleiro) - contrato até 12/2023
  2. Halls (goleiro) - contrato até 12/2021
  3. Fintelman (goleiro) - contrato até 12/2022
  4. Ricardo Graça (zagueiro) - contrato até 12/2023
  5. Miranda (zagueiro) - contrato até 12/2021, mas terá o vínculo estendido pelo tempo proporcional de sua suspensão na Conmebol
  6. Ulisses (zagueiro) - contrato até 12/2022
  7. Menezes (zagueiro) - contrato até 9/2022
  8. Cayo Tenório (lateral) - contrato até 12/2022
  9. Riquelme (lateral) - contrato até 7/2023
  10. Bruno Gomes (volante) - contrato até 12/2023
  11. Andrey (volante) - contrato até 12/2021 (não fica)
  12. Caio Lopes (volante) - contrato até 1/2022
  13. Galarza (volante) - contrato até 12/2025
  14. Juninho (volante) - contrato até 12/2023
  15. MT (meia) - contrato até 12/2023
  16. Laranjeira (meia) - contrato até 7/2022
  17. Gabriel Pec (atacante) - contrato até 8/2024
  18. Figueiredo (atacante) - contrato até 1/2024
  19. João Pedro (atacante) - contrato até 1/2022
  20. Weverton (meio-campo) - contrato até 12/2021

Demais jogadores em fim de contrato:

  1. Cano (atacante) - contrato até 12/2021
  2. Vanderlei (goleiro) - contrato até 12/2021
  3. Ernando (zagueiro) - contrato até 12/2021
  4. Zeca (lateral) - contrato até 12/2021
  5. Walber (zagueiro) - contrato até 12/2021 (emprestado pelo Athletico)
  6. Michel (volante) - contrato até 11/2021 (emprestado pelo Grêmio)
  7. Romulo (volante) - contrato até 12/2021
  8. Marquinhos Gabriel (meia) - contrato até 12/2021
  9. Léo Jabá (atacante) - contrato até 12/2021 (emprestado pelo PAOK-GRE)
  10. Daniel Amorim (centroavante) - contrato até 12/2021 (emprestado pelo Tombense)
  11. Morato (atacante) - contrato até 31/12/2021 (emprestado pelo Bragantino)

Atletas emprestados:

  1. Lucas Santos (meia-atacante) - até 12/2021 ao Brasil de Pelotas
  2. Tiago Reis (atacante) - até 11/2021 ao Confiança
  3. Fernando Miguel - até 12/2021 ao Atlético-GO
Fonte: ge