Sócios fazem fila em São Januário em 1º dia para impugnações

05/09/2020 às 16h13 - POLÍTICA

Sócios do Vasco fizeram fila em São Januário no primeiro dia para impugnações para a Assembleia Geral Ordinária do clube - as eleições previstas para novembro. O clube comunicou nessa sexta-feira a lista de cerca de sete mil pessoas aptas para votação e por volta de seis mil elegíveis - que podem ser votadas. Desta vez, o Vasco só permitiu as impugnações presencialmente.

Sem atendimento online, o prazo para impugnações é de cinco dias - veja os detalhes mais abaixo - e faz parte do tumultuado processo eleitoral que começou com a Assembleia Geral Extraordinária. A aprovação das diretas não foi reconhecida pelo presidente Alexandre Campello e tem efeitos ainda sub judice, sem sentença uma semana depois de liminar no plantão do último sábado da Justiça.

- Acabei de fazer minha impugnação e a informação que tive em relação aos off-rio. Disseram que não foi disponibilizado nenhum meio para ninguém levar procuração ou pedido para alguém de fora do Rio. Orientamos aos nossos sócios off-Rio que mandem o e-mail naquele e-mail de recursos, caso amanhã iremos à Justiça para termos uma prova ao nosso favor. Não é possível que um clube que fez assembleia online não possa disponibilizar e-mail para impugnação? Seria demonstração de má-fé ou má-vontade do Vasco - protestou um associado de forma anônima.

Dois grupos políticos - a "Sempre Vasco" de Julio Brant e a "Mais Vasco" de Jorge Salgado - contestam a lista de sócios elegíveis e de eleitores divulgada pelo clube. Nas redes sociais, correligionários se queixam de não conseguir fazer recursos e impugnações por e-mail - o que foi permitido na AGE. Na ocasião, foram quase duas mil ações entre recursos e impugnações. O presidente da Assembleia Geral, Faués Cherene Jassus, o Mussa, encerrou os trabalhos da Junta sem analisar todos os recursos. Um dos motivos que provocou ação na Justiça de adversários políticos.

Na reunião da Junta, formada por Mussa, Alexandre Campello, da diretoria administrativa, Edmilson Valentim, do Conselho Fiscal, Roberto Monteiro, do Conselho Deliberativo, e Silvio Godói, do Conselho de Beneméritos, Mussa, como é conhecido o presidente da Assembleia Geral - que corre risco de punição no clube -, foi o único que votou contra e não assinou a ata de aprovação da lista. Terminou 4 a 1.

De acordo com os responsáveis pelos cortes feitos na Junta Deliberativa Eleitoral, foram retirados 1.151 sócios remidos pela linha de corte de 90 anos e mortos. Benfeitores remidos com inconsistência e mortos detectados foram 230. Tal soma totaliza 1381.

Os mesmos sustentam que, cercas às 150 inconsistências por falta de comprovação da joia, há também a ausência da transferência do título.

O Vasco divulgou a seguinte nota nessa sexta:

"Informação aos Sócios,

A partir deste sábado, dia 5 de setembro, a Secretaria receberá recursos e impugnações para as listas de sócios elegíveis e de sócios votantes aprovadas pela Junta Deliberativa e publicadas no site do Clube. Conforme o Estatuto, os sócios terão o prazo de cinco dias para encaminhar seus pedidos à Junta de Recursos. Os associados deverão comparecer pessoalmente à Secretaria, nos seguintes dias e horários:

Sábado (5/9): das 9h às 14h

Terça-feira (8/9): das 9h às 17h

Quarta-feira (9/9): das 9h às 17h

Quinta-feira (10/9): das 9h às 17h

Sexta-feira (11/9): das 9h às 17h

O Club de Regatas Vasco da Gama ressalta que, nos dias citados acima, a Secretaria estará aberta exclusivamente para o recebimento de recursos e impugnações.

Atenciosamente,

Vice-Presidência de Comunicação"

Foto: ReproduçãoA fila na porta de São Januário neste sábado (5/9)
A fila na porta de São Januário neste sábado (5/9)

Fonte: ge