Técnico interino do Vasco assiste a palestra do 1ª rival desta quarta

22/04/2019 às 10h44 - FUTEBOL

Com a sala cheia na 3ª Semana de Evolução do Futebol, um aluno não desgrudava os olhos da palestra de Jorge Sampaoli. Desconhecido para boa parte dos torcedores do Vasco, Marcos Gomes Valadares, de 41 anos, assume interinamente o cargo de técnico do time de São Januário com missão ingrata: vencer o Santos de Sampaoli na próxima quarta-feira.

O jovem treinador do Vasco, que assumiu a equipe sub-20 em março do ano passado, foi vice-campeão carioca sub-20 em 2018 e vice da Copa São Paulo de juniores neste ano. Ramon Menezes, ex-jogador do Vasco e que também estava no evento da CBF, segue como auxiliar técnico.

Sampaoli mostrou saídas de bola do seu time, jogadas construídas desde a defesa e também pequenos trechos de treinamento. Em campo reduzido, com detalhes da atividade, com três de cada lado tentando ficar com a bola e três coringas ajudando entre as linhas do campo.

Na penúltima fileira do auditório cheio da CBF, Valadares se posicionou bem à frente do setor destinado à imprensa. Chegou de mochila do Vasco no início da palestra de Tite, que antecedeu Sampaoli. Fotografou observações do argentino e também a frase que fechou a palestra, do italiano Arrigo Sacchi.

“Ainda que o futebol de protagonismo não necessariamente seja garantia de vitória, esse estilo mantém uma aura de elitismo. É um enfoque pró-ativo do jogo que diferencia os grandes dos clubes pequenos. Aqueles que propõem o jogo ao adversário e não só os que resistem o tanto que conseguem.”

A diretoria do Vasco tratou Valadares como treinador interino, em comunicado no site oficial. O clube procura novo treinador. Enquanto isso, Valadares comanda treino nesta tarde, às 16h, no Centro de Treinamento do Almirante. O Vasco recebe o Santos, na próxima quarta-feira, em São Januário.

Fonte: GloboEsporte.com