Templários do Almirante publica nota criticando diretoria vascaína

26/06/2020 às 08h47 - POLÍTICA

NOTA DE REPÚDIO

A Associação Templários do Almirante vem manifestar o seu repúdio à falta de responsabilidade no atual momento em que vivemos por parte do Presidente da Diretoria Administrativa do nosso clube. Em um ato inédito de submissão e subserviência, servindo de acompanhante do nosso principal rival, em uma reunião que, supostamente, teria como tema a retomada do futebol após a liberação do período de isolamento no Rio De Janeiro, reunião esta sem a participação de outros clubes do Estado. Quando na verdade tal reunião serviu para avalizar uma Medida Provisória que, neste momento, atende única e exclusivamente aos interesses do Flamengo

A Medida Provisória 984/2020 chamada popularmente de “ MP do Futebol “ traz um novo entendimento sobre o direito de transmissão do futebol brasileiro .

Pelo texto assinado, passa a ser de exclusividade do clube mandante a determinação de quem exibe uma partida em qualquer mídia.

Em primeiro lugar entendemos que essa MP deve ser amplamente discutida com todos os clubes do futebol brasileiro. A atual MP já recebeu 90 emendas.

Em segundo lugar entendemos que contratos assumidos devem ser respeitados, caso contrário, tal medida nos afasta de futuros parceiros e investidores.

Vivemos atualmente a maior crise financeira da história do nosso clube.

Funcionários e jogadores com salários atrasados por diversos meses, contas bloqueadas, execuções nos asfixiando diariamente, rescisões de contratos de trabalho não sendo pagas, famílias de nossos colaboradores enfrentando dificuldades financeiras, etccccc....

Neste momento o que esperamos de um Presidente da nossa centenária instituição é que busque as soluções para resolver as pendências financeiras que tanto nos envergonham e não que sirva de “DAMA DE COMPANHIA“ do nosso maior rival .

Estamos atentos também a sua insistência em não cumprir o que foi solicitado pelos poderes do clube (lista de sócios votantes completa) lista esta que conforme determina o estatuto precisa ser validada pelo Presidente da Assembleia.

A eleição direta é um desejo e um direito de todo sócio e torcedor vascaíno.

Esperamos ao fim deste ano, colocar a caravela do grande navegador português no seu rumo e tentar esquecer a administração desastrosa, submissa e irresponsável que esteve a frente do nosso clube nos últimos anos .

Att.:

Diretoria da Associação dos Templários do Almirante

Fonte: Facebook Templários Do Almirante