Thiago Galhardo 'sincerão' pede passagem no Vasco

26/07/2018 às 08h05 - FUTEBOL

Os sete meses de Thiago Galhardo no Vasco estão longe de serem um marasmo. Sincero e sem papas na língua, ele já coleciona algumas declarações fortes mesmo com pouco tempo de clube.

Após quase trocar São Januário pela Chapecoense por estar insatisfeito com a reserva, o meia mais uma vez teve uma boa atuação ao fazer o gol de honra na derrota para a LDU por 3 a 1, nesta quarta-feira, pela Sul-Americana, e pede passagem entre os titulares enquanto goza cada vez mais de prestígio com a torcida.

Diante deste carrossel de emoções que vive no Cruzmaltino, ele dimensionou a importância de seu tento sobre os equatorianos meio que em tom de desabafo.

"Eu estava precisando desse gol pelas atuações que eu estava tendo", disse ao Sportv, complementando com a revelação de que pediu ao batedor oficial Andrés Rios para cobrar o pênalti: "Eu estava muito confiante e pedi a ele. Temos amizade fora de campo e ele deixou ali na hora".

Veja as declarações fortes de Galhardo no Vasco:

"Argentino só faz m..."

Ainda pela Copa Libertadores, Thiago Galhardo se mostrou incomodado com uma brincadeira feita na Argentina em que a fornecedora de material esportivo do Racing (ARG) prometia sortear uma camisa oficial do clube a cada gol marcado pelos argentinos.

Após o jogo em São Januário, o meia desabafou com um palavrão:

"Eles são assim mesmo. Precisam respeitar nossa camisa. Nossa torcida está de parabéns, veio nos apoiar, enquanto que a deles cometeu racismo na Argentina no primeiro jogo e arrumou confusão agora. Argentino é assim mesmo, só faz m..."

"Em 5 jogos do Jorginho, joguei apenas 8 minutos"

Antes do duelo com o Grêmio, no último domingo, pelo Campeonato Brasileiro, Galhardo não escondeu de ninguém sua insatisfação com o técnico Jorginho por deixá-lo no banco. "Em cinco jogos do Jorginho, joguei apenas oito minutos", disse à Rádio Brasil.

Após o jogo, o meia foi questionado se estava reclamando do treinador, e explicou: "Não é reclamação, mas todo jogador que está no banco não está feliz, quer jogar. Eu não estou feliz. Eu estava preparado, joguei fora de posição, mas é do momento, é do jogo".

Acusou jogador do Bahia de cusparada

Após a vitória sobre o Bahia por 2 a 0, insuficiente para classificar o Vasco na Copa do Brasil, Thiago Galhardo acusou um jogador adversário de ter dado uma cusparada num dirigente cruzmaltino.

"Teve um jogador do Bahia, que eu prefiro não citar, que cuspiu no nosso dirigente. Ele podia aparecer mais pelo que faz em campo do que por isso", disse. Posteriormente, jogadores e dirigentes do Vasco alegaram que o atleta em questão era o volante Elton, que admitiu, mas acusou de estar sendo ofendido pelos vascaínos:

"Eles falaram para mim: 'Jogadorzinho medíocre, jogadorzinho pequeno, jogador de time pequeno'. Está chamando o Bahia de time pequeno? Eles têm que ter respeito. Eu estava mexendo com a torcida. Ele tomou a dor? É diretor, tomou a dor, mas também não pode falar aquilo que falou para mim. Eu dei uma cusparada, mas não bateu neles, não".

Foto: VascoThiago Galhardo
Thiago Galhardo

Fonte: UOL Esporte

Enquete

Quem você gostaria que fosse o novo técnico do Vasco?

Deixe seu comentario