Especulações e Saídas clique aqui

Tiago Reis mantém a média de 1 gol por jogo como titular

01/04/2019 às 08h04 - FUTEBOL

É inegável que neste começo de trajetória no time profissional do Vasco o atacante Tiago Reis ganhe destaque pelo faro de gols: com a cabeçada certeira de domingo, foram quatro bolas na rede em quatro jogos como titular. Mas o lado cruel da final da Taça Rio é que o jogador de 19 anos, por questão de minutos, deixou de ser o protagonista do jogo para entrar na lista daqueles que falharam na disputa de pênalti contra o Flamengo.

A batida de Tiago Reis foi a única das três desperdiçadas pelo Vasco a ser defendida pelo goleiro César — Rossi e Werley mandaram para fora. Desta forma, ele se viu diante da mesma frustração vivida na final da Copa São Paulo de Futebol Júnior.

Na competição de base, Tiago Reis mostrou a capacidade de definição com a bola rolando, assim como neste Carioca. Só que também esteve entre os que desperdiçaram pênaltis na decisão contra o São Paulo. Apesar do erro no Maracanã, a confiança da revelação vascaína parece não se abalar.

— Estava bem concentrado. O César foi bem. Vamos treinar mais. Pênalti é uma fatalidade. Agora é focar, trabalhar e acertar nos próximos — disse Reis.

Com a bola rolando, Reis não deixou a torcida sentir falta de Maxi López. A habilidade com a bola é diferente. Mas o produtividade não deve em nada ao argentino.

Com contrato renovado até o fim de 2022, Reis se junta a Marrony como prata da casas no ataque vascaíno. O artilheiro recebeu poucas bolas durante o clássico contra o Flamengo, mas bastou uma cobrança certeira de escanteio para que ele se antecipasse à marcação e abrisse o placar.

A sequência positiva já fez Valentim pedir calma em relação às projeções de futuro sobre Tiago Reis. Ao mesmo tempo, o técnico vascaíno não deixa de depositar confiança nele, a ponto de dizer que seria titular no jogo passado, mesmo se Maxi López não tivesse com dor nas costas. O discurso desse jogador que ainda mora no alojamento embaixo das arquibancadas de São Januário é de humildade.

— O Valentim tem que escolher o que for melhor para o Vasco. O que ele decidir está bom. O grupo está junto unido — disse Reis, que tenta não desanimar agora.

— O objetivo é ganhar o Carioca. Se ganhássemos o Flamengo, seria um passo a mais. O mais importante é o Carioca — disse o atacante.

A equipe terá folga hoje e retorna aos treinos amanhã.

Fonte: Agência O Globo