Timemania excluirá dirigentes sob condenação

15/02/2006 às 20h30 - POLÍTICA

A Timemania foi aprovada no fim da manhã desta terça-feira na Comissão de Constituição e Justiça e Cidadania (CCJC) do Senado. O projeto de lei será submetido à votação em plenário ainda esta tarde.

No texto relatado na CCJC pelo senador Romeu Tuma (PFL-SP), foi aprovada uma emenda, de autoria de Alvaro Dias (PSDB-PR) que irá gerar controvérsia: os clubes que tiverem algum de seus dirigentes condenados por \"crime doloso\" ou \"contravenção\", tanto na justiça federal como estadual, não irão receber os recursos nem se beneficiar do parcelamento ou de qualquer incentivo do programa.

- Com esse instrumento, estamos tendo a coragem de excluir os dirigentes verdadeiramente corruptos - afirmou Dias.

Se aprovada no plenário do Senado nesta terça, a Timemania volta à Câmara (por seu texto ter sido modificado) e retorna ao Senado, para então ser sancionada pelo presidente Lula. Previsões otimistas apontam para início de abril o início da regulamentação da loteria.

Fonte: Lancenet!