Valadares fala sobre evolução, Pikachu, Arena, Rossi e estreia de Jairinho

04/05/2019 às 21h39 - CLUBE

O Vasco empatou com o Corinthians por 1 a 1 na noite deste sábado, na Arena da Amazônia (veja os melhores momentos no vídeo acima), e conquistou seu primeiro ponto no Campeonato Brasileiro 2019. Após o jogo, o técnico interino Marcos Valadares falou sobre a evolução que viu em sua equipe.

- Acredito que fizemos uma grande partida. Jogadores se doaram ao máximo. Primeiro tempo foi muito bom, e no segundo mantivemos o nível até uns 20, 25 minutos. Natural que o Corinthians, com jogadores descansados, conseguisse equilibrar o jogo.

- A gente teve possibilidade de sair vitorioso, criamos oportunidades. Saímos perdendo, mas tivemos tranquilidade de continuar tendo a bola no pé. A gente sai chateado com resultado, mas feliz na questão do desempenho que a gente acredita que a equipe vem tendo - concluiu.

 

O Vasco volta a campo no dia 12, domingo, contra o Santos. A partida acontece às 16h, no Pacaembu.

Veja outras respostas de Marcos Valadares em entrevista coletiva:

Mais sobre a evolução do time
- O jogo contra o Atlético-MG realmente me chateou muito no primeiro tempo, não fizemos o que planejamos. Aquilo me incomodou, cobrei no vestiário e eles voltaram diferentes. Mesmo tomando dois gols, acredito que melhoramos no segundo tempo. Hoje foram taticamente melhores, confiantes, mostramos um caminho melhor para um jogo mais rico, a postura deles foi confiante. Esse é o caminho, em termos de um jogo mais ofensivo.

Yago Pikachu
- De jeito nenhum (sentiu o episódio do aeroporto), fez uma grande partida. Ajudou muito, movimentou muito bem na meia, por dentro. Infiltrou, jogou entre linhas. Fez uma grande partida como todos os companheiros.

Arena da Amazônia
- Achei muito bacana. Estádio cheio, muitos torcedores do Vasco. Gostei muito, e pelo jogo que os atletas fizeram. Estádio bom, campo bom, ajuda muito no espetáculo.

Rossi
- Tivemos alguns jogadores desgastados. O Rossi estava muito bem no jogo, fez um grande primeiro tempo. Era para ter jogado 45 minutos, está voltando de lesão, o departamento médico e a fisiologia tinham a preocupação de não perde o atleta para a sequência da competição. Hoje a previsão era de 45 minutos e o atleta foi valente, foi guerreiro. Extrapolamos o tempo programado. Fez uma grande partida, está de parabéns

Estilo de jogo
- Lá na Copa do Brasil a gente já fez um grande jogo contra o Santos, uma das grandes equipes do futebol brasileiro. Contra o Atlético-MG, no segundo tempo, gostei do desempenho, apesar do resultado ruim. Hoje conseguimos fazer uma grande partida. A ideia é que a equipe jogue ofensivamente, tenha coragem, jogue com a bola no pé.

Estreia de Jairinho
- Ele tem personalidade, vimos isso no estadual. Jogou muito bem, contra os grandes. Hoje vestiu a camisa e foi muito bem. Se doou totalmente, ajudou na parte defensiva. Tentou criar situações ofensivas na característica dele que é o drible.

Fonte: Globoesporte.com