Vasco ainda deve novembro e 13º a funcionários

06/01/2020 às 17h50 - FUTEBOL

O Vasco continuou o processo de regularizar o pagamento de salário em atraso. Nesta segunda-feira, o clube pagou o vencimento referente a outubro dos funcionários que ganham até R$ 3 mil.

Este grupo ainda tem em aberto o mês de novembro e o 13º - quem recebe acima de R$ 3 mil, portanto, tem um débito maior. Há ainda parcelamento de dívidas de remuneração de 2017.

O grupo de jogadores vive situação parecida: tem atrasado o mês de novembro, o 13º e alguns meses de direitos de imagem.

Por acordo interno, o pagamento de salário no Vasco é feito no dia 20 do mês seguinte. Ou seja, a folha de dezembro será paga em 20 de janeiro e, portanto, ainda não venceu.

O presidente Alexandre Campello havia prometido encerrar a temporada 2019 com os pagamentos regularizados. Porém, a necessidade de fazer acordo com a Procuradoria Geral da Fazenda Nacional resultou no pagamento de R$ 32 milhões em impostos em atraso. Com isso, faltou dinheiro para pagar os salários. O dirigente, ao se manifestar em 30 de dezembro, prometeu resolver o problema nos próximos dias.

Fonte: GloboEsporte.com