Vasco ainda tenta reaver na Justiça contrato com Thiago Galhardo

30/04/2019 às 08h58 - FUTEBOL

Thiago Galhardo deve desembarcar nesta terça-feira em Fortaleza para assinar contrato com o Ceará. Mas o meia pode ter problemas para conseguir atuar pelo novo clube. É que o Vasco não concorda com a transferência e está tentando na Justiça reaver seus direitos ligados ao jogador, apesar de Galhardo ter sido afastado do time às vésperas da final do Campeonato Carioca.

Para que você entenda a história, é preciso retroceder no tempo: Galhardo foi acusado pela diretoria vascaína de incentivar uma greve no elenco, que reclamava de salários atrasados. O grupo cogitou não se concentrar para um jogo do estadual. A diretoria, então, afastou Galhardo e conseguiu convencer os demais de que iria pagar em breve o débito.

Galhardo recorreu à Justiça para pedir a rescisão do contrato. Baseado em uma série de pendências do Vasco para com ele, o meia obteve uma liminar que o liberava para procurar outro emprego. É baseado nela que Galhardo se acertou com o Ceará.

Porém, o departamento jurídico do Vasco, também via Justiça, tenta cassar a liminar. Paralelamente a tudo isso, existem algumas tentativas, que partem do próprio Cruz-Maltino, de chegar a um acordo com Galhardo. A ideia seria fazer um acordo amigável para o rompimento do vínculo, com perdão de parte das dívidas.

Galhardo tem resistido, porque julga que merece receber mais do que aquilo que o clube lhe oferece.

Thiago Galhardo do Nascimento Rocha tem 29 anos e chegou a São Januário no ano passado. Por lá, disputou 52 jogos e marcou nove gols.

Alheio à rivalidade: Se Galhardo está chegando, o volante Juninho já deixou o Ceará. E está a caminho do rival Fortaleza. O jogador, cujos direitos econômicos pertencem ao Bahia, será emprestado ao Fortaleza até dezembro. A expectativa é de que ele já treine nesta terça-feira com os novos companheiros, inclusive.

Rogério Ceni foi decisivo para a chegada de Juninho. O treinador do Fortaleza entende que o volante pode ser extremamente útil ao longo da Série A, que começou com o pé esquerdo para seu time, depois da derrota por 4 a 0 para o Palmeiras, no Allianz Parque.

Fonte: Coluna Jorge Nicola - Yahoo