Vasco deve colocar cláusula de obrigatoriedade na venda de Marrony

11/06/2020 às 12h24 - FUTEBOL

O Vasco está perto de acertar a venda do atacante Marrony para o Atlético-MG. Segundo apurou a reportagem de O Dia, as partes estão acertando os últimos detalhes do documento para depois trocar as minutas de contrato, que terá compra obrigatória de direitos econômicos.

Segundo uma fonte ligada ao Atlético-MG, para contratar o jogador, o Galo irá desembolsar cerca de R$ 18 milhões (já descontadas as comissões) por 80% de seus direitos econômicos. Há ainda uma cláusula onde diz que, no caso de não surgir propostas pelo atacante nos dois próximos anos, o clube mineiro é obrigado a comprar os outros 20% por 1 milhão de euro. Caso a compra desse percentual seja efetuada antes do período de duas temporadas, o valor será de 1,5 milhões de euros.

Na segunda-feira, após uma reunião entre os agentes de Marrony com o presidente do Vasco, Alexandre Campello, o Cruz-maltino quitou os salários atrasados com o atacante, evitando que o atleta tentasse uma saída do clube na Justiça.

Fonte: O Dia