Vasco e Jorge Salgado negociam pagamento de dívida

26/06/2020 às 08h38 - POLÍTICA

Vasco e Jorge Salgado negociam o pagamento de uma dívida que o clube tem com o empresário, de 2010. Ele foi o autor de um empréstimo de R$ 3 milhões, ainda na gestão de Roberto Dinamite, e acionou a atual diretoria antes que a questão prescrevesse. Salgado é grande benemérito e possível candidato à presidência do Cruz-maltino na eleição deste ano.

A reportagem apurou que Salgado procurou também Roberto Monteiro, presidente do Conselho Deliberativo, e Silvio Godoi, presidente do Conselho de Beneméritos, para tratar do assunto e questionar se os chefes dos poderes teriam alguma objeção ao acordo. Ambos confirmaram o contato do empresário.

Por causa dos juros, a dívida, que era de cerca de R$ 3 milhões, subiu para aproximadamente R$ 7 milhões. De acordo com Godoi, próximo tanto da diretoria quanto do grande benemérito, Vasco e Salgado conversam para que o pagamento seja de cerca de R$ 5 milhões. Jorge Salgado não quis comentar o assunto. O Vasco, até a publicação da reportagem, ainda não havia se pronunciado.

Jorge Salgado emprestou dinheiro ao Vasco atendendo a um pedido de Roberto Dinamite. Em 2010, o então presidente do clube acionou torcedores ilustres e conseguiu receita para pagar funcionários e prestadores de serviços. Os empréstimos não foram quitados, tanto que, em maio passado, o grande benemérito Antônio Peralta, entre outros, entraram com uma ação na Justiça pedindo o pagamento de R$ 2,5 milhões.

Dez anos depois, o Vasco novamente recorreu a Jorge Salgado para conseguir pagar salários atrasados. Veio do empresário o empréstimo de R$ 4 milhões que possibilitou o pagamento mais recente de parte da dívida da diretoria com funcionários e jogadores.

Facilitou o fato de Salgado ter se reaproximado da diretoria depois que Alexandre Campello assumiu a presidência, em 2018. Neste último empréstimo, Salgado inclusive teria condicionado a transferência ao acerto da dívida de 2010. Salgado também colocou na mesa o desejo de ter o novo passivo quitado imediatamente, se o clube conseguir uma receita extraordinária ainda este ano, o que seria possível com a venda dos direitos do atacante Talles Magno.

Considerado nome de forte apelo entre os sócios vascaínos, Jorge Salgado tem conversado com lideranças do grupo "Mais Vasco" para que seja o cabeça de uma candidatura para a presidência do clube. A expectativa é de que ele dê uma resposta sobre o convite até o fim de julho.

Fonte: Agência O Globo