Vasco encara o Madureira em Bangu em jogo decisivo

09/03/2018 às 20h42 - FUTEBOL

O Vasco entra em campo neste sábado, às 15h45 (de Brasília), em Moça Bonita, estádio do Bangu, na Zona Oeste do Rio de Janeiro (RJ), precisando de um triunfo diante do Madureira para não ver ameaçada a sua classificação para as semifinais. O jogo é válido pela quinta rodada da Taça Rio, segundo turno do Campeonato Carioca. O Cruz-Maltino, que vem de empate sem gols com o Fluminense, está na segunda posição do Grupo B com sete pontos, dois a menos que o líder Flamengo. Porém, os vascaínos são ameaçados pela Cabofriense, que tem seis pontos e pode ultrapassá-los em caso de tropeço. O lado bom é que, ganhando, o Vasco se classifica se o time de Cabo Frio perder para a Portuguesa no domingo.

A partida é considerada de alto risco pelo Vasco. Isso porque, além de ter que ganhar, vai enfrentar condições ruins em campo. O Rio de Janeiro tem vivido dias de forte calor e o horário da partida preocupa, principalmente porque Bangu é um bairro que registra temperatura alta nessa época do ano. Soma-se a isso a preocupação com a estreia na fase de grupos da Copa Libertadores, que vai acontecer já na próxima terça-feira, diante da Universidad do Chile, em São Januário.

“Vai ser uma partida muito complicada e o Vasco precisa estar preparado para enfrentar as situações que vão acontecer. Tenho certeza, porém, que podemos desempenhar um bom papel e atingir o objetivo”, disse Zé Ricardo.  Justamente por conta do duelo contra a Universidad do Chile que o treinador vascaíno deverá preservar alguns titulares. “Vamos mandar a campo uma equipe em condições de ganhar o jogo”, concluiu o comandante.

Se as dificuldades climáticas e o intervalo entre os jogos são vistos como complicadores, o momento do Madureira pode amenizar a situação do Vasco. O Tricolor Suburbano tem a pior campanha na classificação geral, que leva em consideração o somatório dos dois turnos, e conquistou apenas dois pontos no Grupo C da Taça Rio, segurando a lanterna da chave também. Na quarta-feira, após a derrota de 2 a 0 para a Cabofriense, em casa, o técnico Djair foi demitido.

Como está na reta final da competição, e sem mais chances reais de vaga nas semifinais, o Madureira sequer contratou um novo treinador e vai apostar em Gilberto Coroa, promovido do time sub-15. Para este compromisso, Gilberto Coroa deverá manter a base que vinha jogando, mas mudanças não foram descartadas.

Segundo o regulamento da Taça Rio, os times de um grupo duelam com os da outra chave em turno único. Ao fim, os dois primeiros colocados de cada grupo se garantem nas semifinais do segundo turno.

FICHA TÉCNICA
MADUREIRA X VASCO

Local: Moça Bonita, no Rio de Janeiro (RJ)
Data: 10 de março de 2018 (Sábado)
Horário: 15h45(de Brasília)
Árbitro: Mauricio Machado Coelho Júnior (RJ)
Assistentes: Wagner de Almeida Santos (RJ) e Jackson Massara dos Santos (RJ)

MADUREIRA: Jonathan, Henrique, Gustavo Henrique, Edmário e Douglas Lima; Leandro Carvalho, William e Luciano; Derek, Souza e Igor Catatau
Técnico: Gilberto Coroa

VASCO: Martín Silva, Frikson Erazo, Werley e Paulão; Rafael Galhardo, Bruno Paulista, Andrey, Thiago Galhardo e Fabricio; Rildo e Andrés Ríos
Técnico: Zé Ricardo

Foto: Paulo Fernandes/Vasco Zé Ricardo acredita no desempenho do elenco
Zé Ricardo acredita no desempenho do elenco

Fonte: Gazeta Esportiva

Enquete

Você é favorável ao retorno de Antônio Lopes no cargo de dirigente?

Deixe seu comentario