Vasco entra em acordo com Desábato na justiça

19/07/2020 às 16h16 - CLUBE

O Vasco chegou a acordo com Leandro Desabato na Justiça. O Esporte News Mundo teve acesso a detalhes do caso, que corre na 37ª Vara do Trabalho do Rio do Tribunal Regional do Trabalho da Primeira Região (TRT-1). O volante cobrava uma dívida de R$ 971.586,00, o Cruz-Maltino ofereceu inicialmente R$ 500 mil, o jogador não aceitou, o clube aumentou a proposta de acordo para R$ 650 mil, e aí o argentino concordou.

Esta dívida acordada será paga pelo Vasco a Desabato pelo Ato Trabalhista, no Plano de Execução Centralizador do TRT-1. Juiz substituto da vara, Eduardo Mussi Dietrich Filho determinou neste fim de semana que as partes juntem a minuta do acordo aos autos para que o mesmo possa ser homologado e, consequentemente, os pagamentos a serem feitos pela fila existente no Ato com os credores cruz-maltinos. Isto deve ocorrer até o fim da semana.

A cobrança de Leandro Desabato foi, dentre outros pontos, relacionada a salário (alegado atraso no mês de novembro de 2018), décimo terceiro, FGTS e multas. Ele recebia R$ 115 mil de salário em São Januário e também alegava não ter recebido as verbas rescisórias, além da anotação da baixa na carteira de trabalho. A inicial do jogador apontada os seguintes pontos:

“a) Baixa na CTPS do Reclamante com data de encerramento do contrato em 20.12.2018, conforme fundamentado no item 01;

b) Multa prevista no parágrafo 8º do artigo 477, da CLT, conforme fundamentado no item 02 – R$ 115.500,00;

c) Aplicação da multa de 50% prevista no artigo 467 do texto consolidado caso a Reclamada não quite na primeira audiência as verbas incontroversas, conforme fundamentado no item 03 – R$ 194.425,00;

d) Pagamento das férias integrais não recebidas com os devidos acréscimos legais, conforme fundamentado no item 04 – R$ 150.150,00;

e) Pagamento do FGTS de todo período laborado, responsabilizando-se a Reclamada pela integralidade dos depósitos, conforme fundamentado no item 05 – R$ 110.880,00;

f) Pagamento dos salários retidos Novembro/18 e 02 (dois) dias de Dezembro/18, conforme fundamentado no item 06 – R$ 123.200,00;

g) Pagamento do 13º salário do ano de 2018, conforme fundamentado no item 07 – R$ 115.500,00;

h) Honorários advocatícios – R$ 161.931,00″

Com a camisa do Vasco, 51 partidas Leandro Desabato teve em sua passagem por São Januário em 2018, com 19 vitórias, 12 empates, 20 derrotas e nenhum gol. Atualmente, o jogador está no Japão. A reportagem do ENM não conseguiu contato com os envolvidos até o momento desta publicação.

Fonte: Esporte News Mundo