Vasco esclarece diferença entre ingressos vendidos e público em São Januário

23/09/2019 às 17h54 - CLUBE

A diferença entre o número de ingressos vendidos anunciado pelo Vasco na última quinta-feira e o público presente em São Januário no jogo contra o Athletico-PR chamou atenção dos torcedores. Apesar de o Cruz-Maltino ter divulgado que tinha comercializado 19 mil entradas durante a semana, apenas 17.427 pessoas foram ao estádio neste domingo.

Em nota enviada à reportagem, o clube explicou que a publicação nas redes sociais fala do "número total de emitidos, contabilizando vendidos, gratuitos e cortesia", apesar de a imagem (veja acima) dizer 19 mil ingressos "vendidos". O Vasco também detalha todos os ingressos reservados ou emitidos que não foram utilizados.

"O Vasco esclarece que, em sua parcial de ingressos, para efeito de informar ao seu torcedor a quantidade que resta para aquisição, passa o número total de emitidos, contabilizando vendidos, gratuitos e cortesias. No jogo do último domingo, contra o Athletico PR, equivocadamente utilizou o termo vendido para divulgar os 19.817 ingressos gerados. Desse total, 2.390 pessoas não compareceram ao estádio. Estes bilhetes estão divididos da seguinte forma:

995 - Sócios Caldeirão Mais e Colina Mais que realizaram check in e não compareceram ao jogo.
3 – Check-in área VIP.
530 - Gratuidades asseguradas por lei retiradas e não utilizadas.
352 – Cortesias disponibilizadas e não utilizadas para ação de adesão ao Sócio Gigante 21/09/2019.
510 cortesias – Patrocinadores, atletas, comissão técnica, ações de marketing, convidados

Sendo assim, o número presente ao estádio foi de 17.427 torcedores.Todos estes números poderão ser acessados no borderô da partida, que deverá estar disponível no site da Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro (Ferj) a partir de amanhã."

O Vasco acredita que o mau tempo no Rio de Janeiro foi um dos motivos para os torcedores que reservaram ingresso e não foram terem desistido de assistir em São Januário ao jogo contra o Athletico-PR.

Fonte: GloboEsporte.com